Re: Re:[cevmkt-L] clube procurador

To: <cevmkt-L@xxxxxxxxxxxxxxxxxx>
Subject: Re: Re:[cevmkt-L] clube procurador
From: "kika" <kika@xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx>
Date: Wed, 22 Oct 2003 17:23:07 -0200
Caros Colegas, 
como profissional da área sei que há muitos "empresários" e "procuradores" que 
infelizmente, não realizam o trabalho contratado por seus clientes.
Cabe lembrar que os clubes não perdem financeiramente quando um jogador é 
negociado. Ele pode perder tecnicamente, mas ganha na transferência de direitos 
federativos, mesmo que o clube não tenha investido na formação daquele atleta. 
Durante o período de contrato, o atleta não pode romper o contrato de trabalho 
sem uma causa justificada, seja ela trabalhista ou desportiva, estando sujeito 
a arcar com a multa estabelecida na Cláusula Penal do Contrato Federativo (os 
doutores que, por gentileza, me corrijam se estiver escrevendo besteiras).
O mais importante é que mantenhamos a discussão sobre o que verdadeiramente 
motiva um atleta a romper um contrato de trabalho antes do prazo estabelecido, 
mesmo sabendo que terá que negociar a multa rescisória?
Quanto ao atleta, não caberia a ele decidir se há a necessidade de contratação 
de um representante, seja empresário ou procurador? Temos exemplos de atletas 
bastante expressivos e experientes que não têm empresário. Porém, esta é uma 
opção do atleta, não do clube. A grandecuriosidade surge no novo posicionamento 
de alguns clubes de futebol. Está se tornando cada dia mais comum o clube 
"dificultar" a contratação de um jogador se ele tiver contrato com algum 
empresário ou procurador. Porque?
Ivanice Cardoso (Kika)
Gestão de Carreira & Imagem
Player Sports
Fones 55 11 3088.8818 / 9655.6311
----- Original Message ----- 
From: erichzionibeting 
To: cevmkt-L@xxxxxxxxxxxxxxxxxx 
Sent: Wednesday, October 22, 2003 4:02 PM
Subject: Re:[cevmkt-L] clube procurador
Caro, Veloso.
Concordo em partes com o senhor. Para quem não viu a coluna, 
a informação é de que o Pão de Açúcar fechou diretamente com 
seus jogador os contratos de trabalho, sem a participação de 
um procurador para defender o interesse dos atletas.
Do lado do clube, a estratégia é perfeita. 
Afinal, o objetivo é evitar que o jogador saia a qualquer 
hora, por conta do empresário que acha uma proposta melhor. 
Além disso, a tática garante que o clube receba na totalidade 
a multa rescisória quando o atleta se transferir.
Acho que, nesse caso, não há nada de errado nisso, é o que 
qualquer empresa de televisão faz, por exemplo, com seu 
jornalista: um contrato que prevê multa rescisória. O 
problema é só a questão do nível intelectual, cultural e 
educacional do atleta para conseguir um bom contrato. E é 
exatamente para isso que deveria existir o procurador. 
Só que, na estrutura atual, muitos procuradores atuam de 
forma a garantir apenas o seu, sem se preocupar com atleta e 
clube. E por isso que o clube toma esse tipo de precaução.
Mas sobre esse tema tem outro detalhe, acho que bem mais 
importante. Pela Lei Pelé, o contrato só pode ser firmado 
entre atleta e clube. Assim, a história de que fulano de tal 
tem 50% dos direitos federativos de um jogador é balela. 
Nunca vi alguém com contrato de trabalho assinado com alguém 
além de seu empregador...
Abraços, 
Erich
> Erich,
> Acho que a informação publicada hoje na sua coluna do Lance 
sobre o objetivo
> do clube de futebol do Pão de Açúcar interessante. Mas que r
evela uma
> vontade absurda do clube. E, pior, que passa pela cabeça de 
mais gente no
> futebol.
> Trata-
se de uma medida escravizante, para dizer o mínimo. O empregad
or é o
> procurador do profissional? Ora, os prucuradores dos jogador
es são um
> direito absolutamente legítmo. Há muitos maus e inconfiáveis
na função, mas
> sem os bons e corretos, muitos atletas não conseguiriam ter 
seus direitos
> plenamente assegurados em negociações com representantes de 
clubes,
> entidades de direção, patrocinadores...
> O clube define e negocia consigo mesmo o salário do jogador
? Piada... O Pão
> de Açúcar deveria deixar seus fornecedores definirem os preç
os que ele deve
> pagar pelas mercadorias que ele venderá em suas lojas. Será 
que ele topa?
> Um abraço,
> Luiz
> 
> 
> 
> IV Forum Olimpico: 15-18/10/2003
> http://www.facosfacad.com.br/forumolimpico/
> SAIR DA LISTA: msg em branco para 
> cevmkt-L-unsubscribe@xxxxxxxxxxxxxxxxxx
> MODO DE USAR: http://www.cev.org.br/listas/dicas.htm 
> 
> 
> Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito às regras descritas em: h
ttp://br.yahoo.com/info/utos.html 
> 
> 
> 
---
Acabe com aquelas janelinhas que pulam na sua tela.
AntiPop-up UOL - É grátis! 
http://antipopup.uol.com.br
Yahoo! Groups Sponsor 
PUBLICIDADE


IV Forum Olimpico: 15-18/10/2003
http://www.facosfacad.com.br/forumolimpico/
SAIR DA LISTA: msg em branco para 
cevmkt-L-unsubscribe@xxxxxxxxxxxxxxxxxx
MODO DE USAR: http://www.cev.org.br/listas/dicas.htm 
Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito aos Termos do Serviço Yahoo!. 
[As partes desta mensagem que não continham texto foram removidas]

© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.