O nome bem poderia ser Real Mundo

To: "Marketing Esportivo \(Lista\)" <cevmkt-L@xxxxxxxxxxxxxxxxxx>
Subject: O nome bem poderia ser Real Mundo
From: "Elaine" <elainelucasp@xxxxxxxxx>
Date: Thu, 4 Sep 2003 23:25:51 -0300
O nome bem poderia ser Real Mundo
Extraído do site do jornal O DIA (www.odia.com.br)
Clube espanhol se torna, em pouco tempo, uma poderosa e milionária empresa,
com tentáculos que movimentam milhões de dólares nos quatro cantos do
planeta. Esta semana, o Real conquistou mais um título na Espanha, situação
que ainda se repetirá por muitos anos Real Madrid Club de Fútbol é pouco.
Made in Real Madrid. Real Madrid S/A. Marca Registrada Real Madrid. As
denominações continuam sendo poucas. O clube espanhol se transformou em uma
empresa que se administra em função da marca e trata o marketing esportivo
como religião, movimentando milhões de dólares nos quatro cantos do planeta.
No Real, futebol e cifras andam de mãos dadas, diferentemente dos times ao
redor do mundo. Até o fim dos anos 90, o clube madridista via suas contas no
vermelho, e o então presidente, Lorenzo Sanz, não resistiu às promessas do
seu adversário, Florentino Pérez, eleito em 2000, com 16.500 votos contra
13.300. A principal alavanca da campanha eleitoral de Pérez foi a garantia
de que ele tiraria Figo do Barcelona, o maior rival do Real. Assim que
assumiu, ele provou que promessa é dívida: por 62 milhões de euros
(aproximadamente R$ 210 milhões) o astro português foi para o Real Madrid.
"Vamos explorar todo o potencial de marketing do clube". Essa foi uma das
declarações de Pérez mais repercutidas pela imprensa espanhola quando ele
assumiu o cargo. Seu plano era simples: sanear os débitos e
internacionalizar o Real na base da publicidade e da ousadia. Ousar, no
caso, significa contratar. É simples: jogadores que rendem em todos os
aspectos. Dentro das quatro linhas desequilibram um jogo; fora, equilibram
as finanças. Zidane, Ronaldo e, mais recentemente, David Beckham: todos são
exemplos dessa política. Pérez age no presente pensando no futuro. "Beckham
representa hoje exatamente aquilo que desejamos para o futuro. Vai
proporcionar um retorno rápido à altura do nosso investimento", afirmou o
presidente. Apesar de todo o poder, o Real tem dívidas que, segundo a
imprensa espanhola, já atingem R$ 300 milhões. Segundo Pérez, no ano
passado, o clube arrecadou mais de 400 milhões de euros (aproximadamente R$
1,36 bilhões) valor que chegou a esse total devido à venda de um de seus
centros de treinamentos. Mas somente no ano que vem o lucro poderá ser
contabilizado, já que muito do dinheiro que entra é usado para quitar velhas
dívidas. E a torcida também poderá sair no lucro: o plano de Pérez para 2004
é contratar Ronaldinho Gaúcho, que acaba de chegar ao Barça.


---
Outgoing mail is certified Virus Free.
Checked by AVG anti-virus system (http://www.grisoft.com).
Version: 6.0.449 / Virus Database: 251 - Release Date: 27/01/03
<Anterior em Tópico] Tópico Atual [Próximo em Tópico>
  • O nome bem poderia ser Real Mundo, Elaine <=

© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.