[Cevmeef-L] Moção de repúdio à demissão de Renato Sadi.

To: cevmeef-l@xxxxxxxxxx
Subject: [Cevmeef-L] Moção de repúdio à demissão de Renato Sadi.
From: Mateus Pereira <matunicamp@xxxxxxxxx>
Date: Tue, 6 Mar 2001 05:49:47 -0800 (PST)
--- Hajime Takeuchi Nozaki <nozaki@xxxxxxxxxxxx>
wrote:
> 
> Colegas da lista:
> 
> Aqui vai a moção de repúdio para a Demissão do
> professor Renato Sadi. 
> 
> Esperamos assinaturas pessoais e institucionais para
> futuro encaminhamento à UNICSUL. Por favor,
> encaminhem adesões, com nome completo e nome da
> instituição para nozaki@xxxxxxxxxxxx
> 
> Favor socializar junto aos pares. Continuamos na
> luta!
> 
> Hajime
> 
> 
> 
> 
> DEMISSÃO DO PROFESSOR RENATO SAMPAIO SADI - UNICSUL
> -SP
> MOÇÃO DE REPÚDIO
> 
> A comunidade acadêmica da Educação Física Brasileira
> vem repudiar a demissão do professor Renato Sampaio
> Sadi, da UNICSUL-SP. Manifesta sua indignação quanto
> aos procedimentos tomados para decidir por este ato.
> 
> Inicialmente é preciso esclarecer que o docente
> seria o primeiro DOUTOR do curso de Educação Física
> desta Instituição. Seu desligamento não teve o aval
> do colegiado de curso, foi efetuado no "apagar das
> luzes" do ano 2000 e já conta, até agora, com
> inúmeras mensagens de apoio e solidariedade de
> pessoas que são contrárias a atos arbitrários,
> anti-democráticos e sem explicação plausível.
> 
> Várias questões podem ser arroladas sobre o curso de
> Educação Física da UNICSUL, já que seu
> reconhecimento oficial, em 1999, e sua nota "A" foi
> acompanhado por inúmeros intelectuais da área, que
> viram ali, possibilidades de mudança, de diferença
> qualitativa em relação a outros cursos privados
> vizinhos. Uma formação profissional-acadêmica de
> excelência estaria por vir, a partir da inserção
> deste curso no cenário nacional da Educação Física.
> Em linhas gerais, os docentes deste curso mantém
> essa visão.
> 
> O professor Renato Sampaio Sadi, dentro desse
> contexto, é um dos jovens intelectuais mais
> destacados. Esteve, juntamente com outras
> lideranças, à frente e em busca de, um curso nota
> "A". Prova disso é sua produção acadêmica, realizada
> de forma autêntica, criativa e objetiva. Sua
> participação em entidades nacionais da Educação
> Física brasileira, como o CBCE - Colégio Brasileiro
> de Ciências do Esporte e o MNCR - Movimento Nacional
> Contra a Regulamentação da Profissão de Educação
> Física também evidenciam o tipo de relacionamento
> social mantido. Na mesma direção, sua trajetória
> acadêmico-profissional tem sido das mais brilhantes:
> Entre 1986 e 1992, Renato trabalhou como professor
> de Educação Física em instituições públicas e
> privadas do ensino básico. Ainda em 1992,
> pós-graduando do curso de especialização em Educação
> Física Escolar, na UNICAMP, ajudou a fundar o NEDEF
> - Núcleo de Estudos e Debates em Educação Física,
> proposta que envolveu mais de uma centena de
> professores de Educação Física que se organizavam na
> busca de qualificação profissional. Em 1993 foi
> aprovado em primeiro lugar no Concurso para
> professores da Secretaria Estadual de Ensino de São
> Paulo-SP. Neste ano ingressou no Mestrado em
> Educação. Em 1995, atuou como dirigente sindical
> enfrentando a polícia de Paulo Maluf por ocasião da
> Campanha Salarial dos funcionários públicos
> municipais. Em 1996 foi aprovado com nota dez no
> Mestrado da PUC-SP, o que lhe abriu as portas para
> trabalhar como assessor educacional em sindicatos de
> professores. A partir de 1998 como docente da
> UNICSUL, o professor deixou os seguintes registros:
> * participou da comissão de reestruturação do curso
> de Educação Física, responsável por acompanhar o
> reconhecimento oficial junto à comissão de
> especialistas do MEC
> * elaborou três artigos para a Revista UNICSUL
> * apresentou projeto de curso de pós-graduação
> lato-sensu e proposta de curso de extensão para a
> rede pública de ensino básico
> * desenvolveu trabalho extra-curricular sobre o tema
> da Regulamentação da Profissão, ministrando
> palestras e debates e escrevendo um artigo que foi
> publicado na RBCE - Revista Brasileira de Ciências
> do Esporte.
> * organizou plebiscito para legitimar o novo
> currículo de Educação Física. Neste episódio que
> envolveu mais de 95% da comunidade acadêmica,
> procurou costurar a unidade de pensamentos opostos
> * orientou diversos TCC - Trabalho de Conclusão de
> Curso, incentivando a iniciação científica dos
> alunos e melhorando o nível de formação dos mesmos.
> * encerrou, paralelamente às suas atividades
> profissionais, seu curso de doutorado na PUC-SP,
> iniciado em 1997. Sua defesa, já encaminhada,
> dar-se-á brevemente.
> 
> Injustamente demitido da UNICSUL no final de 2000, o
> referido professor foi comunicado que suas
> "contribuições não estavam de acordo com o curso de
> Educação Física desejado" e, que deveria "mudar sua
> maneira de ser" a fim de, num futuro emprego, saber
> relacionar-se melhor.
> 
> Sua demissão ocorreu num período em que boa parte do
> corpo docente se encontrava fora do país,
> participando do 8º Congresso de EF e Desportos dos
> Países de Língua Portuguesa, o que impediu qualquer
> tipo de mobilização para que esse ato fosse
> revertido. A saída do professor Renato trouxe uma
> lacuna para o corpo docente, que também não aceita
> este ato. Nunca Renato deixou de ter posição em
> relação às questões afetas ao curso na UNICSUL, bem
> como em relação aos temas mais fundamentais da
> sociedade como um todo e, especialmente, da Educação
> Física brasileira.
> 
> Quais foram os verdadeiros motivos da saída do
> professor Renato? Não aceitamos meias verdades. A
> comunidade acadêmica da Educação Física Brasileira
> NÃO ACEITA tal atitude e, ao solidarizar-se com um
> colega extremamente sério, dedicado, honesto e
> trabalhador, convoca a todos para exigir a
> REINTEGRAÇÃO imediata de Renato Sampaio Sadi no
> quadro de docentes da UNICSUL. Esta é uma medida
> urgente que visa resgatar a dignidade profissional e
> acadêmica, desfazer a injustiça cometida e apostar
> na seriedade de um curso nota "A".
> 
> As decisões unilaterais não podem prevalecer sobre a
> força democrática do conjunto dos pensadores e
> intelectuais competentes e articulados com o que há
> de melhor na Educação Física Brasileira. Queremos a
> volta de Renato e estamos decididos e empenhados
> para que isso ocorra o mais rápido possível.
> 
> Assinaturas:
> 
> - Movimento Nacional Contra a Regulamentação do
> Profissional de Educação Física
- Executiva Nacional dos estudantes de Educação Física
> 
__________________________________________________
Do You Yahoo!?
Get email at your own domain with Yahoo! Mail. 
http://personal.mail.yahoo.com/
<Anterior em Tópico] Tópico Atual [Próximo em Tópico>
  • [Cevmeef-L] Moção de repúdio à demissão de Renato Sadi., Mateus Pereira <=

© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.