[Cevleis-L] TVs podem perder exclusividade esportiva - Gazeta de Alagoa

To: "Cevmkt-L@Cev. Ucb. Br" <cevmkt-l@xxxxxxxxxx>, "Cevleis-L@Cev. Ucb. Br" <cevleis-l@xxxxxxxxxx>
Subject: [Cevleis-L] TVs podem perder exclusividade esportiva - Gazeta de Alagoas
From: "Pedro Mello" <pfbm@xxxxxxxxxx>
Date: Tue, 19 Mar 2002 10:54:01 -0300
Caderno B
cadernob@xxxxxxxxxxxxx
19/03/2002
Um projeto de lei que proíbe a exclusividade nas transmissões televisivas de
eventos esportivos pode acabar com o sono de muitas emissoras,
principalmente o da Globo.
Trata-se do Projeto 5.865/01, do deputado Walter Pinheiro (PT-BA), que deve
ser distribuído às comissões competentes da Câmara nos próximos dias.
A proposta do deputado prevê que as transmissões de eventos esportivos
importantes no País devem estar à disposição de todas as emissoras que
quiserem transmitir. O projeto cita especificamente eventos como o
Campeonato Brasileiro de Futebol, todos os jogos disputados pela seleção
brasileira em grandes torneios internacionais, como a Copa do Mundo, a
Olímpiada e a Libertadores da América, entre outros.
Se aprovado, o projeto vai bater de frente com o interesse de algumas
emissoras, como a Globo, que transmite boa parte desses eventos com
exclusividade e paga caro por eles.
Só pelo Campeonato Paulista de Futebol de 2001 a emissora desembolsou cerca
de R$ 45 milhões.
Pela Copa do Mundo deste ano foram quase US$ 120 milhões. O dinheiro gasto é
revertido em audiência obtida por esses eventos e, conseqüentemente, em
anunciantes, cotas de patrocínio e afins, tudo gira em torna da
exclusividade de transmissão.
O projeto de Pinheiro também quer acabar com a exclusividade esportiva na TV
por assinatura. Segundo a proposta, os canais pagos só poderão exibir os
jogos quando os mesmos estiverem disponíveis na TV aberta e a transmissão
não poderá implicar nenhum pagamento adicional ao assinante.
<Anterior em Tópico] Tópico Atual [Próximo em Tópico>

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.