Re: [Cevidoso-l] Recreação...

To: Nei Alberto Salles Filho <nsalles@xxxxxxxxxxxxx>, Cevidoso <cevidoso-l@xxxxxxxxxx>
Subject: Re: [Cevidoso-l] Recreação...
From: "Prof. Sebastiao Gobbi" <sgobbi@xxxxxxxxxxx>
Date: Thu, 15 Feb 2001 09:46:23 -0300
Alô Nei e amigos(as) do Cevidoso
Estou enviando minha resposta também para a rede porque julgo o tema competição
na terceira idade da maior relevância e porque aqui em Rio Claro, temos sentido
o problema na própria pele.
Desenvolvemos o projeto "Atividade Física na Terceira Idade" desde 1990 e, como
parte das comemorações da Semana do Idoso incluímos Os Jogos Adaptados de
Volibol Adaptado (Câmbio)desde 1996, bem como os esportes adaptados fazem parte
das atividades rotineiras do projeto.
O que temos observado é uma crescente importância do vencer em detrimento da
cooperação, confraternização, novas amizades, etc.expresso, entre outros, pelos
seguintes comportamentos:
1. A equipe traz 10 ou mais integrantes e apenas os melhores jogam, os outros
assistem
2. Reclamações do tipo "a rede está tantos centímetros abaixo/ acima do
estabelecido pelas regras
3. Dentro da própria equipe: "Você foi o culpado pela perda deste ponto", "Vamos
tirar a equipe da quadra, porque um dos jogadores não quer obedecer nossas
instruções", etc.
4. Dentro de nosso próprio projeto já fomos questionados da seguinte forma
"Nossa equipe nunca é bem colocada, portanto não há motivação para jogar", etc.
5. No decorrer da "evolução" dos jogos, fomos notando a cada edição que as
equipes poucos se entrosavam e ao invés do cooperador do outro time passamos a
ter o adversário.
Isto tem nos feito repensar os Jogos na tentativa de buscar soluções. Com
certeza uma das propostas era acabar com os jogos porque não atendia mais os
objetivos educacionais do projeto. Mas não creio que isto seja a solução
adequada. Nós profissionais de EF temos que encontrar soluções para tão grande
desafio.
O que temos feito:
1. Ao nível do nosso projeto, conseguimos conscientizar os participantes de que
a participação nos jogos era sempre vitoriosa. (em melhoria da aptidão
funcional, em sociabilização, em lazer, em recreação, em cooperação, etc.). Isto
tem sido muito gratificante e mostra que as coisas podem ser redirecionadas a
partir do próprio grupo.
2. Antes do início de cada edição dos jogos ressaltamos todas as oportunidades
de crescimento pessoal que os Jogos possibilitam independente do jogo em si.
3. Todos os times têm o mesmo número de jogos (evitando-se eliminatórias) e o
maior número de jogos (diminuímos número de pontos por set e número de sets)
4. Não há classificação e portanto não há troféus, todos recebem certificado e
medalhas materializando nosso reconhecimento pela participação.
5. No início e nos intervalos entre 3 jogos, fazemos uma atividade física com
características lúdicas com todos os participantes objetivando integração.
Quando implantamos tais alterações, confesso que tivemos receio que o número de
equipes inscritas iria cair, mas para a nossa surpresa isto não ocorreu.
Estratégias que ainda não tentamos mas que pode ser utilizadas:
1. Convidar os grupos e montar os times com participantes de diversos grupos.
2. Todos integrantes de uma mesma equipe devem jogar por tempo aproximadamente
igual.
Todas estas modificações, retirando (minimizando) os valores predominantes no
esporte de alto rendimento, podem desmotivar momentaneamente alguns integrantes
do poder público que teriam que mudar suas propagandas de : 1) Fomos campeões
para 2) Fomos participar/possibilitamos esta vivência saudável e educacional aos
nossos cidadãos da terceira idade.
Nossa opinião, acima transcrita, foi direcionada para o chamado esporte
participação na terceira idade e, logicamente deve ser repensada quando se
tratar de esporte de rendimento para a terceira idade.
Grato. Até mais.
Sebastião Gobbi
Quando
Nei Alberto Salles Filho wrote:
> Caros amigos e amigas......
>
> Me chamo Nei Alberto Salles Filho, da Universidade Estadual de Ponta
> Grossa-PR, gostaria de trocar idéias sobre festivais recreativos para
> terceira idade. Alguém já fez....como foi...quais os resultados? Aqui em
> minha cidade houveram JOGOS DA TERCEIRA IDADE...mas mesmo com a participação
> efetiva, sempre surgiam problemas devido à caracterização de "competição".
> Afinal quais as boas alternativas???Como fazer um trabalho mais "humano" de
> valorização do idoso!!!
> Abraços e agradeço a atenção e fico no aguardo...via lista ou no
> nsalles@xxxxxxxxxxxxx !!!
> Nei Alberto
>
> _______________________________________________
> Cevidoso-L mailing list
> Cevidoso-L@xxxxxxxxxx
> http://cev.ucb.br/mailman/listinfo/cevidoso-l
<Anterior em Tópico] Tópico Atual [Próximo em Tópico>

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.