[Cevgener-L] Crianças, identidade, mulher, religião e sexualidade

To: <cevgener-l@xxxxxxxxxx>
Subject: [Cevgener-L] Crianças, identidade, mulher, religião e sexualidade
From: "Mauro Cherobim" <cherobim@xxxxxxxxxx>
Date: Mon, 23 Oct 2000 12:48:27 -0200
 

 

Alessandra Regina Sanches

Separação Conjugal: depoimentos de crianças e adultos em relação à ruptura familiar.

Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Pós Graduação em Educação, na Universidade Estadual Paulista- UNESP - Câmpus de Marília, para obtenção do Título de Mestre em Educação - Área de Concentração: "Ensino na Educação Brasileira", sob orientação do prof. Dr. Mauro Cherobim

Resumo

O presente trabalho tem por finalidade verificar o sentido pessoal dado a separação conjugal, por crianças e adultos que vivenciaram uma ruptura em suas unidades familiares. A separação é ti da como um tema polêmico, dentro de um contexto de representações de dor e sofrimento. Diante da ruptura familiar, vários conceitos e valores são questionados e reorganizados, dando um novo sentido á dinâmica familiar Tendo em vista somente as conseqüências desta ruptura, as representações originárias dela e suas influências para o desenvolvimento humano, podem ser relegadas em segundo plano. A participação da criança no processo de separação dos pais, parece algo incomum na realidade prática de muitas famílias que se desfazem

A presente pesquisa visa, portanto, avaliar qual a concepção infantil dada a separação conjugal, e de que maneira ela é constituída. Assim como, verificar também, a concepção de adultos separados dada ao seu próprio processo de separação.

Os resultados encontrados revelam o grau de correspondência entre a forma como os pais lidam com sua separação e a maneira como a criança reage diante dela. Assim como, a importância da criança estar ciente das transformações que estão ocorrendo com sua família, bem como as mudanças de papéis a que estão submetidos, de maneira a garantir seu equilíbrio emocional e afetiva.

 

 

 

Cleonilde Bredariol

SEXUALIDADE E RELIGIÃO: DEPOIMENTOS DE MULHERES EM DIFERENTES DENOMINAÇÕES RELIGIOSAS

Dissertação de mestrado apresentada ao programa de Pós-Graduação, em Educação, na Universidade Estadual Paulista, Unesp Câmpus de Marília, para obtenção de título de mestre em Educação - área de concentração: "Ensino na Educação Brasileira", sob orientação do Prof. Dr. Mauro Cherobim.

Resumo

Um grande número de pesquisas da literatura científica têm apontado que a religião e a sexualidade têm sido estudadas como elementos isolados e sem conexão entre si. Entretanto, o levantamento bibliográfico realizado indica que na prática clínica no atendimento psicológico e médico têm sido comum encontrar a relação existente entre os valores morais e religiosos e a escolha de comportamentos e atitudes sexuais

Considerando o pensamento ocidental e a tradição judaico-cristã, as mudanças recentes no contexto histórico atual, este trabalho pretende resgatar uma compreensão mais ampla ao investigar as influências da religião na sexualidade da mulher.

A importância da mulher como sujeito de pesquisa torna-se relevante no sistema de estrutura patriarcal pela mesma atuar predominantemente na função da educação dos filhos e, portanto, como agente transmissora principal dos valores, contribuindo para a formação da mentalidade de gerações.

Nesta pesquisa foram entrevistadas 16 mulheres na região centro oeste do estado de São Paulo, casadas ou em uniões consensuais, pertencentes à 4 grupos: quatro mulheres católicas, quatro mulheres protestantes, 4 mulheres espíritas e quatro mulheres não vinculadas em denominação religiosa, na faixa etária entre 37 e 74 anos.

Nas entrevistas foram consideradas como temas de discussão a visão da sexualidade no geral, o exercício concreto da sexualidade, as influências dos ensinamentos religiosos na sexualidade, a educação sexual recebida dos pais e a educação sexual transmitida aos filhos. Além das entrevistas gravadas foram preenchidas fichas individuais constando dados pessoais como idade, estado civil atual, nacionalidade, naturalidade, nível de instrução, número de filhos, religião do cônjuge, função atual na denominação e tempo de atuação na função.

A pesquisa indicou, segundo a perspectiva desse grupo de mulheres, que os valores morais e religiosos permeiam o cotidiano sexual atual ora de forma sutil, ora de forma evidente, mesmo nas mulheres não vinculadas às denominações religiosas.

Nesta pesquisa foi constatada a relação existente entre religião e sexualidade e as influências exercidas pêlos valores e crenças religiosas na escolha de atitudes e comportamentos sexuais das mulheres vinculadas às denominações religiosas e não vinculadas às denominações religiosas.

 

Data das apresentações: 31/out/2000

<Anterior em Tópico] Tópico Atual [Próximo em Tópico>
  • [Cevgener-L] Crianças, identidade, mulher, religião e sexualidade , Mauro Cherobim <=

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.