Re: [cevfut-L] Treinamento fisico no futebol

To: <cevfut-L@xxxxxxxxxxxxxxxxxx>
Subject: Re: [cevfut-L] Treinamento fisico no futebol
From: "Rivelino Serpa" <rse30@xxxxxxxxxx>
Date: Sun, 19 Jan 2003 21:25:41 -0200
Caro Paulo e amigos listeiros....
participo da lista, ou leio ha algum tempo ja, embora nunbca tenha enviado
comentarios, mas este me chamou a atencao....
sou professor de educacao fisica e trabalho no futebol profissional ha quase
12 anos e tenho admiracao e respeito pelo trabalho do Antonio Carlos, alem
de ter tido a oportunidade de trabalhar com ele no Atletico Paranaense
durante a primeira metade do brasileirao do ano passado.
Concordo com seus argumentos e a resposta da sua indagacao(o que dizer
entao?) esta na primeira parte do seu email, quando explica que as variaveis
existentes no futebol profissional sao muitas e incontrolaveis...
No ano de 2002 chegamos ao ATletico Prananese e encontramos uma estrutura
fisica impressionante e uma logistica fora de serie nao so com o ANtonio
CArlos mas como o Oscar Ericssen, outro conhecedor profundo da fisiologia e
organizacao esportiva, pois bem vinhamos realizando um trabalho excelente,
quando em 15 rodadas tinhamos frequentado a zona de classificacao dos 8
primeiros em 14 , so ficando fora na primeira rodada do campeonato,
marcavamos gols em todos os jogos exceto no ultimo , nao sofremos gols em 5
partidas, tinhamos o artil=heiro da competicao, Kleber com 10 gols, 4 melhor
ataque e 6 melhor defesa, onde tudo conspirava a favor, o trabalho de toda a
comissao tecnica juntamente com a qualidade dos jogadores o planejamento a
execeucao dos treinamentos enfim um casamento perfeito da ciencia e da
pratica como costumamos dizer.....Dai por razoes ocultas trocou-se o comando
tecnico da equipe e quebrou-se a unidade de pensamento e acao da comissao
tecnica e os resiultados foram desastrosos e tiraram a equipe da zona de
classificacao nas rodadas seguintes.....
Neste caso repito seu questionamento....O QUE DIZER ENTAO?????
um abraco,
Rivelino Serpa
----- Original Message -----
From: Paulo Azevedo <paulopersonal@xxxxxxxxxx>
To: <cevfut-L@xxxxxxxxxxxxxxxxxx>
Sent: Wednesday, January 15, 2003 2:14 PM
Subject: Re: [cevfut-L] Treinamento fisico no futebol
Felipe,
com certeza o anaeróbio não deve ser deixado de lado em qqr fase que seja,
assim como o aeróbio tbm não. O que muda é a ênfase dada a cada coisa no seu
devido tempo e espaço na programação. E como, intensidade, volume, etc cada
valencia física será tratada são as chaves do sucesso. E como disse o André,
tudo dependerá da qualidade técnica dos jogadores, tipo de competição, nível
da competição, tempo de trabalho e outras variáveis.
Com certeza, não foi por acaso que o Atlético (Antonio Carlos Gomes) chegou
lá, mas tbm não foi bem neste ultimo campeonato. O que dizer então?
O Antonio Carlos Gomes tem uma forma inovadora de trabalho, a qual faz
parte tbm o Paulo Roberto de Oliveira, da UNICAMP, e é uma forma muito
interessante de trabalho, mas que precisa ainda de mostrar os resultados,
mas sem duvida é muito interessante.
Saudações,
Paulo Azevedo
----- Original Message -----
From: Felipe Olive
To: cevfut-L@xxxxxxxxxxxxxxxxxx
Sent: Wednesday, January 15, 2003 12:08 AM
Subject: Re: [cevfut-L] Treinamento fisico no futebol - Valeu amigos
Amigos listeiros,
A questão principal não é trabalhar "somente" o Aeróbio ou o Anaeróbio, o
futebol
tem muito mais variáveis (treináveis ou não) do que os sistemas
energéticos acima citados.
Em relação ao "lastro fisiológico" e aos benefícios de uma boa capacidade
AERÓBIA eu também
concordo.
Só não concordo que a ênfase seja toda em cima da capacidade aeróbia,
deixando de lado o
anaeróbio em qualquer fase
ou ciclo de treinamento que seja.
Só à efeito de exemplo, em 2001, fiz uma matéria numa Pós com o Antônio
Carlos Gomes (Leia-se
Atlético Paranaesnse)
onde "destrinchamos" todo Macrocilco (Junho/Dezembro) do Atlético PR do
segundo semestre daquele
ano.
Bem, contando com a chamada pré-temporada e tudo, dos 12900 minutos de
atividades, apenas 555
minutos foram
dedicados isoladamente ao Treinamento Aeróbio, ou seja, cerca de 4 % do
tempo total gastos em
atividades foram destinados
ao tão falado treino Aeróbio.
Acho que vale lembrar que o Atlético PR foi Campeão Brasileiro daquele ano
e provavelmente não
foi por acaso que eles chegaram "lá"!
Hoje em dia já acabou aquela história de atleta de futebol correr 12 ou 14
km contínuos, pois
estes treinos não têm
especificidade nenhuma, bem, pelo menos esta é a minha opinião sobre o
assunto.
Sem mais a acrescentar no momento, fico por aqui....
Felipe Olive
andrearaujo6@xxxxxxxxx wrote:
> Marcos, A atividade do futebol é intermitente com regular mudança de
> intensidade.É praticamente impossível prever o momento dessa mudança,
pois
> depende não só do jogador,mas também de outros fatores, como por exemplo
as
> táticas, a dinâmica do jogo e os adversários.Pelo tempo total do jogo
pode
> ser caracterizado como predominantemente uma atividade aeróbia, porém as
> ações que definem uma partida (como um pique do lateral em direção ao
> gol)exigem primariamente fontes de energia aeróbia. Acredito que o
lastro
> aeróbio a que o Paulo se referiu seja muito importante por três motivos:
1)
> as frequências cardiacas dos jogadores durante as partidas oscilam
muito,
> mas em média se mantem dentro da faixa de trabalho aeróbio, 2)o
> desenvolvimento da capacidade aeróbica provoca um aumento no limiar
> anaeróbico do atleta; uma boa base aeróbia é essencial para o
> desenvolvimento de outras capacidades físicas.Pra desenvolver esse
trabalho
> é preciso tempo de preparação adequado e paciência, pois os resultados
não
> aparecem em curto prazo. Talvez no brasileirão por pontos corridos com
um
> calendário definido muitas equipes possam fazer assim. A opção pela
> preparação com enfase no sistema anaeróbio é pelo resultado imediato,
> principalmente nas equipes de médio e pequeno porte, onde a qualidade
> técnica do grupo não se compara as grandes equipes. O rendimento do
inico é
> mantido por apenas algumas rodadas, ocorrendo depois a queda de produção
em
> função da péssima condição aeróbia. Daí, na minha opinião, ser ideal nas
> categorias de base, um trabalho com enfase no sistema aeróbio, visto
todas
> as dificuldades que serão encontradas na categoria profissional.
>
> Um abraço
> André
>
> >como o futebol pode ser um esporte predominantemente aeróbio se um
lateral
> >sai em um pique e para, o atacante então, concordo com o Felipe q disse
que
> >predomina o anaeróbio, tb gostaria de aprofundar mais. mais em um curso
q
> >fiz um fisiologista demonstrou q realmente o q predomina e o anaeróbio,
e
> >que o treino dele eram exerceis de piques de 50 mts, 25 mts e de 10
mts, e
> >no final do treino um cooper de 1200 mts.
> >e por favor se souberem de mais alguma coisa comuniquem-se
> >
> >gratos
> >
> > Marcos Maciel
> > ----- Original Message -----
> > From: futvasco2003
> > To: cevfut-L@xxxxxxxxxxxxxxxxxx
> > Sent: Monday, January 13, 2003 8:11 PM
> > Subject: [cevfut-L] Re: Treinamento fisico no futebol - Valeu amigos
> >
> > Como disse valeu amigos...bom eu gostaria de um esclarecimento.
> > Quando o Felipe disse:
> >
> > "...se o Futebol é um esporte intermitente basicamente anaeróbio,
> > deve-se dar ênfase, desde o princípio aos treinos anaeróbios,
> > deixando a recuperação (aeróbia) como forma de treinamento aeróbio."
> >
> > Eu sempre soube que o futebol é um esporte predominantemente
> > aeróbio com incursões no anaeróbio ... mas tudo bem ... gostaria que
> > me fosse ensinado como se treina a parte aeróbia na recuperação de um
> > trabalho anaeróbio ... gostaria de deixar claro que estou me
> > aprofundando no assunto e não tenho problema em buscar conhecimentos.
> > Para facilitar os amigos vamos nos prender numa só categoria:
> > PROFISSIONAIS. GRATO A TODOS QUE ME AUXILIAR... BOA NOITE.
> >
> > Yahoo! Groups Sponsor
> > É só procurar:
> > Áreas Profissional Diretoria Gerência Supervisão Superior
> >Técnico Outros Recém-Formados Estagiários
> >
> > SAIR DA LISTA: msg em branco para
cevfut-l-unsubscribe@xxxxxxxxxxxxxxxxxx
> > Leia a NETIQUETA das listas do CEV:
> > http://www.cev.org.br/listas/dicas.htm
> >
> > Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito aos Termos do Serviço Yahoo!.
> >
> >[As partes desta mensagem que não continham texto foram removidas]
> >
> >SAIR DA LISTA: msg em branco para
cevfut-l-unsubscribe@xxxxxxxxxxxxxxxxxx
> >Leia a NETIQUETA das listas do CEV:
> >http://www.cev.org.br/listas/dicas.htm
> >
> >Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito às regras descritas em:
> >http://br.yahoo.com/info/utos.html
> >
> >----------
>
> _________________________________________________________
> Voce quer um iGMail protegido contra vírus e spams?
> Clique aqui: http://www.igmailseguro.ig.com.br
>
> SAIR DA LISTA: msg em branco para
cevfut-l-unsubscribe@xxxxxxxxxxxxxxxxxx
> Leia a NETIQUETA das listas do CEV:
> http://www.cev.org.br/listas/dicas.htm
>
> Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito às regras descritas em:
http://br.yahoo.com/info/utos.html
Yahoo! Groups Sponsor
Procuro por:
homem
mulher
com idade entre
12-1915-1918-2420-2425-2930-3435-3940-4445-4950-5455-5960-6465+ anos
estado de
ACALAMAPBACEDFESGOMAMGMSMTPAPBPEPIPRRJRNRORRRSSCSESPTO
SAIR DA LISTA: msg em branco para cevfut-l-unsubscribe@xxxxxxxxxxxxxxxxxx
Leia a NETIQUETA das listas do CEV:
http://www.cev.org.br/listas/dicas.htm
Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito aos Termos do Serviço Yahoo!.
[As partes desta mensagem que não continham texto foram removidas]
SAIR DA LISTA: msg em branco para cevfut-l-unsubscribe@xxxxxxxxxxxxxxxxxx
Leia a NETIQUETA das listas do CEV:
http://www.cev.org.br/listas/dicas.htm
Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito às regras descritas em:
http://br.yahoo.com/info/utos.html

© 1996-2014 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.