[Cevfisio-L] ENCURTAMENTO MUSCULAR

To: "Lista Fisiologia" <cevfisio-L@xxxxxxxxxx>
Subject: [Cevfisio-L] ENCURTAMENTO MUSCULAR
From: "Cristiano Pinto" <perfit1@xxxxxxxxxxxx>
Date: Sat, 24 Jun 2000 07:55:59 -0300
Prezado Roberto
 
Permita-me discordar de suas afirmações quanto ao encurtamento muscular induzido pela hipertrofia. Após vários anos de prática como professor em academias e clubes, atrevo-me a afirmar que o aparente encurtamento muscular demonstrado pelos praticantes de musculação deve-se muito mais a fatores sócio-culturais do que fisiológicos. Melhor explicando, o praticante de musculação nâo quer apenas ficar forte, ele quer ir além, mostrando aos outros que está mais forte. Para tanto, adota uma imagem corporal que se caracteriza por um tônus de repouso acima dos níveis fisiologicamente necessários para a manutenção da postura e das reações de equilíbrio. O que eu quero dizer com isto é que o praticante de musculação contrai voluntariamente o braço (o peito, a coxa...) no intuito de encurtar o músculo e aumentar seu diâmetro transverso, fazendo com que, em última análise, o músculo fique um pouco maior aos olhos dos observadores.
A mesma artimanha é utilizada, por exemplo, por praticantes de voleibol. Para comprovar, basta andar ao lado de um deles para observar que os mesmos nâo podem ver um ponto de referência a 2,43 metros do solo que logo pulam para alcançá-lo, no intuito de mostrar o quanto têm de impulsão. E isto também é motivo de chacota. Porém, ao contrário do que se imagina, quanto mais o observador enaltece estas características peculiares, através de piadas e chacotas, mais o praticante gosta e se auto-afirma. Ou não. As chacotas podem incomodá-lo tanto, que ele resolve trocar de esporte e adotar outra imagem corporal.
Cá entre nós: quando andamos por um clube, onde circulam atletas de vários esportes, fica fácil identificar quem pratica o quê. É óbvio que a prática continuada de uma determinada modalidade esportiva promove adaptações morfológicas e funcionais no indivíduo. No entanto, o próprio indivíduo "faz uma forcinha" para demonstrar isto no cotidiano.
 
Saudações porto-alegrenses. Prof. Cristiano Pinto.
 
<Anterior em Tópico] Tópico Atual [Próximo em Tópico>
  • [Cevfisio-L] ENCURTAMENTO MUSCULAR, Cristiano Pinto <=

© 1996-2014 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.