[Cevdopagem] Organização do Tour de France elogia saída de Rasmussen

Ana Teresa Guazzelli Beltrami aninhabeltrami em yahoo.com.br
Domingo Julho 29 11:47:26 BRT 2007


26/07/2007 - 17h10  Organização do Tour de France elogia saída de Rasmussen  
  Pau (França), 26 jul (EFE).- Patrice Clerc, presidente do Tour de France e Christian Prudhomme, diretor da prova, elogiaram a saída da prova do dinamarquês Michael Rasmussen, por ter mentido para sua equipe.

"Hoje, a classificação é mais real. A exclusão de Rasmussen foi a melhor coisa dos últimos dias. O que queremos é oferecer a melhor prova possível às centenas de milhares de pessoas que a acompanham", afirmou.

"Agora, a corrida continua com corredores que amam seu esporte e que o praticam com respeito às regras", completou.

Prudhomme criticou a União Ciclista Internacional (UCI) por não ter respeitado um acordo de transparência e informação para lutar contra o doping.

"O problema principal é que tínhamos declarado uma união contra o doping com a UCI e as equipes, e isso não foi respeitado. Eles tinham de ter nos informado de todas as irregularidades de Rasmussen", afirmou.

"Queremos matar o doping. Neste esporte a presunção de inocência não existe, por isso é preciso até o fim contra esta praga", completou.

Ao falar sobre a atual credibilidade do Tour, abalada após uma série de escândalos, Prudhomme disse: "É preciso parar a rede e tentar perseguir todos, incluindo os médicos e os que fazem parte do entorno dos corredores. No futuro, nossas provas serão submetidas a um critério esportivo e ético. Não daremos confiança às pessoas que não merecem", comentou.

Por sua vez, Clerc explicou o processo que resultou na eliminação de Michael Rasmussen, e admitiu pressão por parte do Tour.

"Pedimos a Rasmussen que nos explicasse com transparência as dúvidas envolvendo sua preparação e localização. Os argumentos expostos pelo corredor levaram sua equipe a afirmar que ele tinha mentido. Isto prova que ele não tinha lugar no Tour de France e que havia uma intenção clara de fazer armadilhas em seu comportamento".

Clerc voltou a lembrar que Rasmussen nunca deveria ter largado: "Para impedi-lo, deveríamos ter todas as provas. Se a UCI tivesse tudo isto, já que nos enviou uma carta de advertência em 29 de junho, esta crise seria evitada", disse.

Prudomme também lembrou que a própria Rabobank poderia ter colaborado para evitar o problema. 
   
  http://esporte.uol.com.br/ultimas/efe/2007/07/26/ult1777u70585.jhtm

       Alertas do Yahoo! Mail em seu celular. Saiba mais.


Mais detalhes sobre a lista de discussão cevdopagem

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.