[Cevdopagem] Doping Cristian Moreni - ciclismo

Ana Teresa Guazzelli Beltrami aninhabeltrami em yahoo.com.br
Domingo Julho 29 11:42:17 BRT 2007


25/07/2007 - 15h48  Italiano Moreni é o segundo ciclista pego por doping durante Tour de France  
  Aubisque (França), 25 jul (EFE).- Um dia após o ciclista Alexandre Vinokourov, do Cazaquistão, ser expulso do Tour de France por ter dado positivo num exame antidoping, o italiano Cristian Moreni, da Cofidis, foi pego por injeção de testosterona.

O doping de Moreni teria ocorrido na 11ª etapa do Tour de France, com chegada em Montpellier. A informação, adiantada pelo site do jornal esportivo "L'Équipe", foi oficializada ao término do percurso de hoje, em Gourette.

A descoberta foi feita graças a um método de detecção que permite diferenciar na urina de um ciclista qualquer testosterona diferente da produzida pelo próprio, tenha ela sido injetada ou consumida.

Moreni, de 34 anos, ocupava a 58ª posição geral antes da etapa de hoje.

A equipe Cofidis deixará o Tour de France após o incidente, repetindo a atitude da Astana após o positivo de Vinokurov.

A formação francesa é uma das que defendeu mais severidade nas punições contra ciclistas que forem pegos por doping. Seus dirigentes promoveram o manifesto por um ciclismo limpo, assinado ontem por todas as equipes francesas e a Gerolsteiner, da Alemanha.

Vinokurov, que tinha vencido duas etapas na competição, deu positivo por uma transfusão sanguínea durante o contra-relógio vencido no último sábado, em Albi. 
   
  http://esporte.uol.com.br/ultimas/efe/2007/07/25/ult1777u70444.jhtm
   
  _______________________________________________________________
   
    25/07/2007 - 15h53  Pego no antidoping, Moreni não pedirá contraprova e está fora do Tour  
  Aubisque (França), 25 jul (EFE).- O ciclista italiano Cristian Moreni, pego por doping pelo uso de testosterona durante a 11ª etapa do Tour de France, não pedirá a contraprova, e está fora da corrida.

Moreni, da Cofidis, está excluído da prova, segundo anúncio feito pelo francês Dider Simon, presidente do júri técnico do Tour. 
   
  http://esporte.uol.com.br/ultimas/efe/2007/07/25/ult1777u70446.jhtm
   
  __________________________________________________________________
   
    25/07/2007 - 16h07  Equipe Cofidis deixa Volta da França após doping de Moreni  
  Da EFE
Em Aubisque (França)
  A equipe Cofidis decidiu abandonar o Tour de France após o anúncio do doping do italiano Cristian Moreni, um de seus ciclistas, por testosterona.

Moreni, pego após um controle feito ao fim da 11ª etapa,
reconheceu ter se dopado e nem quis pedir uma contraprova.

A retirada da Cofidis, por conta própria, é a segunda nesta
edição do Tour, após a Astana deixar a competição na terça por conta
do positivo do ciclista Alexandre Vinokourov, do Cazaquistão.

Vinokurov fez uma transfusão de sangue alheio para a disputa do
contra-relógio do último sábado, em Albi. Após o anúncio do doping,
a organização pediu a saída da equipe - porém, não fizeram o mesmo
com a Cofidis, pelo menos por enquanto.

Moreni, que ocupava a 58ª posição geral, reconheceu ter cometido
o erro e pediu perdão à equipe. Pouco depois, a Polícia fez uma
busca no hotel onde o grupo estava.

A Cofidis volta a se envolver num escândalo de doping após 2004,
quando descobriu uma rede organizada de tráfico de substâncias
proibidas envolvendo os ciclistas Philippe Gaumont, Maximiliano
Lelli e David Millar, que faziam parte da equipe à época e agora
estão na Saunier Duval.

A equipe francesa é uma das que defendeu mais severidade nas
punições contra ciclistas que forem pegos por doping. Seus
dirigentes promoveram o manifesto por um ciclismo limpo, assinado
ontem por todas as equipes francesas e a Gerolsteiner, da Alemanha. 
   
  http://esporte.uol.com.br/ultimas/efe/2007/07/25/ult1777u70449.jhtm



       Alertas do Yahoo! Mail em seu celular. Saiba mais.


Mais detalhes sobre a lista de discussão cevdopagem

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.