[Cevdopagem] Atacante Dodô, do Botafogo, recebe pena de 120 dias por doping

Ana Teresa Guazzelli Beltrami aninhabeltrami em yahoo.com.br
Quarta Julho 25 09:54:31 BRT 2007


24/07/2007 - 21h24  Atacante Dodô, do Botafogo, recebe pena de 120 dias por doping  
  Guilherme Toscano
No Rio de Janeiro
   
          O atacante Dodô, do Botafogo, foi punido pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), nesta terça-feira, por uso de femproporex. Incurso no artigo 244 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), foi condenado por unanimidade a 120 dias de suspensão. O jogador deixou o plenário após o voto do segundo auditor do caso, acompanhado de sua esposa, Tatiana Lucas, e do vice-presidente de futebol do clube, Carlos Augusto Montenegro.
   
  "Não tivemos sorte hoje [terça], mas amanhã [quarta] já vou recorrer e espero que aconteça logo na quinta-feira da semana que vem um novo julgamento e espero que a decisão seja diferente", disse o advogado de Dodô, Carlos Portinho.

"Se eu não conseguir reverter essa decisão, pelo menos vou tentar a redução da pena em 60 dias", completou Carlos Portinho.

Durante o anúncio do voto de cada um dos cinco auditores do caso, era possível ouvir dentro da sala em que foi realizado o julgamento os torcedores do Botafogo, cantando em apoio ao atacante botafoguense. Houve uma mobilização da torcida do time carioca, o que já tinha provocado o atraso da sessão, pois se solicitou reforço policial no local. No fim, cerca de dez alvinegros, exaltados, avisavam que iriam "pegar" os auditores.

Em um auditório lotado, o julgamento começou às 17h42 e durou quase quatro horas. Assim que chegou ao tribunal, Dodô, que passou praticamente todo o julgamento abraçado à mulher, aparentava nervosismo com a ameaça de ser suspenso por até 360 dias - pena máxima. A defesa do jogador pediu a absolvição ao alegar que ele não tinha a intenção de se dopar, chegando a dizer que Dodô foi envenenado.

Já a procuradoria, por meio de Marcelo Jucá, sustentou que, independente da intenção do atacante, o atleta é responsável por aquilo que ingere, e, citando o Regulamento de Dopagem da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), colocou que tanto o profissional, quanto o clube, não deveriam confiar em produtos fornecidos por uma farmácia de manipulação. 

Por conseqüência, pediu a condenação do jogador por ter atuado com femproporex em seu organismo. O procurador teve êxito e conseguiu convencer os cinco auditores, que votaram pela pena mínima de 120 dias. 

"Tenho certeza de que o Dodô é inocente, mas eles [auditores] inventaram um novo termo, a 'responsabilidade objetiva', em que um inocente é culpado. Tenho fé na justiça e vamos recorrer", reclamou Carlos Augusto Montenegro, vice de futebol do Botafogo.

Como o centroavante está afastado desde o dia 9 de julho - data em que foi confirmado o doping -, Dodô já cumpriu 15 dias da pena. Se o advogado do clube não conseguir a redução, o jogador só poderá voltar aos gramados no mês de novembro. 
   
  http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas/2007/07/24/ult59u126479.jhtm

       Flickr agora em português. Você cria, todo mundo vê. Saiba mais.


Mais detalhes sobre a lista de discussão cevdopagem

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.