[Cevdopagem] Notícias - Doping

Ana Teresa Guazzelli Beltrami aninhabeltrami em hotmail.com
Quarta Outubro 4 16:40:14 BRT 2006


DOPING

INTERPOL VAI AJUDAR NO COMBATE A DROGAS
Ronald Noble, secretário-geral do órgão, se reuniu com David Howman, diretor 
da Agência Mundial Antidoping, para traçar planos de cooperação. O encontro 
foi na sede da Interpol, em Lyon (FRA).


_____________________________________________________________________________

02/10/2006 - 18h20
Interpol se une à Wada na luta contra o doping no esporte

A Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal) e a Wada (Agência 
Mundial Antidoping) anunciaram nesta segunda-feira, em um comunicado 
divulgado na sede da primeira, em Lyon, na França, sua vontade de colaborar 
estreitamente na luta contra o doping no esporte.

Os dirigentes de ambas organizações também prevêem organizar um congresso 
mundial contra o doping para reunir "especialistas do mundo do esporte e da 
polícia para desenvolver a cooperação multidisciplinar".
_______________________________________________________________________________

02/10/2006 - 16h46
Interpol e Wada unem forças no combate ao doping
Das agências internacionais
Em Paris (França)

A Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal) e a Wada (Agência 
Mundial Antidoping) trabalharão juntos para acabar com o uso de doping no 
esporte.

O secretário-geral da Interpol, Ronald K. Noble, e o diretor-geral da Wada, 
David Howman, se reuniram nesta segunda-feira no quartel-general da polícia 
internacional em Lyon, na França, e concordaram na estratégia de cooperação.

"A decepção associada ao doping está tão difundida em tantas modalidades 
que, em alguns esportes, cada atleta que consegue o feito de um novo recorde 
imediatamente torna-se suspeito", afirmou Noble em comunicado.

"Os lucros dos grande eventos esportivos facilitam para que as autoridades 
responsáveis, que deveriam estar alertas a isso, façam vistas grossas ao 
problema", continuou Noble, que não exemplificou.

"Ao cooperar com a Wada, a Interpol reforça o conceito de que o doping é 
inaceitável em todas as instâncias, e que serão tomadas providências para 
aqueles que forjam resultados, para que os atletas honestos possam chegar às 
marcas que merecem", disse ainda o secretário da Wada.

Os diretores ainda planejam a realização de uma conferência internacional 
sobre o combate ao doping, com a ajuda de experts, para fomentar a discussão 
entre as agências de cada país.

"Muitos atletas não estão nem cientes das conseqüências de se tomar drogas 
que aumentam a resistência, tanto físicas quanto emocionais", lembrou 
Howman.

____________________________________________________________________________

02/10/2006 - 16h24
Atlethic Bilbao entra com recurso contra punição de Gurpegi

Bilbao, 2 out (EFE).- O Athletic Bilbao entrou hoje com um recurso junto ao 
Tribunal Constitucional contra a sentença da Real Federação Espanhola de 
Futebol (RFEF) que puniu o jogador Carlos Gurpegi por doping.

Segundo informa o Athletic Bilbao, o recurso foi interposto no dia 28 de 
setembro de 2006, dentro do prazo legal, já que a sentença da Audiência 
Nacional foi notificada em 31 de julho.

O recurso toma como base a violação de direitos fundamentais ao longo do 
processo, devido à negação de provas oportunamente solicitadas, 
desrespeitando assim o direito à tutela judicial efetiva.

O meia é acusado de ter ingerido norandrosterona-19, um metabólico da 
esteróide anabolizante nandrolona.

______________________________________________________________________________

02/10/2006 - 12h13
Iranianos do levantamento de peso são suspensos por doping
Das agências internacionais
Em Teerã (Irã)

A Federação Internacionail de Levantamento de Peso (IWF) confirmou nesta 
segunda-feira a suspenção de nove atletas iranianos após serem flagrados no 
exame antidoping. Os pesistas ficarão fora das competições oficiais por dois 
anos e o Irã terá de pagar US$ 400.000 como multa.

A IWF condenou a equipe iraniana de levantamento de peso ao apurar que o 
treinador búlgaro Georgi Ivanov foi o responsável pela dopagem. Segundo os 
jornais iranianos, os pesistas foram flagrados com altos níveis de 
testosterona, originários de suplementos nutritivos que Ivanov dugeriu aos 
atletas.

Os únicos integrantes da equipe iraniana que não foram suspensos foram o 
duas vezes medalhista de ouro olímpico e campeão mundial da categoria acima 
de 105kg, Hossein Rezazadeh, de 28 anos, e Asghar Ebrahimi. Rezazadeh está 
disputando o Campeonato Mundial, que está sendo disputado desde sábado em 
Santo Domingo.

_______________________________________________________________________________

29/09/2006 - 14h59
UE e Uefa se reúnem para discutir doping e racismo no futebol
Da EFE
Em Estrasburgo (França)

As instâncias diretivas do futebol e representantes parlamentares europeus 
concordaram nesta sexta-feira com a necessidade de implicar a União Européia 
(UE) e o Conselho da Europa na resolução de problemas do esporte no 
continente como o doping e o racismo.

Esta foi a principal conclusão da conferência "Fair play com o esporte", 
organizada em Estrasburgo pela Uefa e a Assembléia Parlamentar do Conselho 
da Europa, com participação da Fifa, do Parlamento Europeu, de câmaras 
legislativas nacionais, ministros, clubes de futebol e ONGs.

Na apresentação do resumo de seus trabalhos à imprensa, os presentes 
destacaram que é preciso "tratar os numerosos problemas existentes no 
esporte europeu", especialmente os casos de racismo, as apostas ilegais, o 
doping, a corrupção e a gestão esportiva.

Os participantes assinalaram também que se deve "diminuir a relação futura 
entre esporte e política" através da UE e do Conselho da Europa, que devem 
fazer frente a esses problemas.

Além disso, os presentes propuseram introduzir "clareza e estabilidade 
jurídicas" no âmbito esportivo europeu, definir a especificidade do esporte, 
reconhecer a autonomia das instâncias regulamentares esportivas e preservar 
o modelo esportivo europeu, assim como seus valores.

Na leitura das conclusões, o tesoureiro da Uefa, Mathieu Sprengers, destacou 
a disposição do Conselho da Europa para estabelecer um acordo sobre o 
esporte e os mecanismos de cooperação entre os 46 Estados-membros desta 
organização.

Por sua parte, o presidente da Assembléia Parlamentar, René van der 
Confinem, elogiou um "estudo independente" sobre o esporte europeu, 
elaborado pelo ex-ministro de Esportes de Portugal José Luis Arnau, e que 
indica uma séria de propostas para sanear o futebol europeu.

A conferência celebrada nesta sexta no semicírculo da Assembléia Parlamentar 
serviu de prólogo para a reunião de ministros de Esportes do Conselho da 
Europa, que será realizada em outubro, em Moscou
______________________________________________________________________________

_________________________________________________________________
Baixe agora o Windows Live Messenger! http://get.live.com/messenger/overview




Mais detalhes sobre a lista de discussão cevdopagem

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.