[Cevdopagem] Re: Jornal francês diz que Armstrong ganhou Volta da França-99 dopado

Carlos Alex Soares carlosalex em brturbo.com.br
Terça Agosto 23 17:26:13 BRT 2005


A lei não retroage para beneficiar ou punir qualquer cidadão. É isso,
juristas? Podem me ajudar nessa questão? Por outro lado, resta a questão
moral, de quem sempre posicionou-se contra o uso de doping no esporte. Qual
o interesse de divulgarem APENAS os resultados positivos de Armstrong? E os
outros atletas que tiveram o resultado positivo e não tiveram seus nomes
revelados, quem são? Finalmente, é possível que o tratamento realizado para
a cura do câncer tenha utilizado-se de EPO? Não sei... São questões a serem
respondidas, por que não se pode massacrar um ídolo dessa maneira, como
fizeram com o Maradona... Não esqueçamos que a própria NBA tem, há duas
décadas, sistema próprio de controle e RECUPERAÇÃO de atletas que utilizam
drogas.

Fico na escuta...


Carlos Alex Soares
Pelotas-RS
*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-*-




----- Original Message -----
From: "Ana Teresa Guazzelli Beltrami" <aninhabeltrami em hotmail.com>
To: <cevdopagem em listas.cev.org.br>
Sent: Tuesday, August 23, 2005 12:17 PM
Subject: [Cevdopagem] Jornal francês diz que Armstrong ganhou Volta da
França-99 dopado


> Pessoal
> Poderia o código punir retroativamente?Qual a opinião de vocês?
> Abraço
> Ana.
>
> 23/08/2005 - 08h04
>
> Jornal francês diz que Armstrong ganhou Volta da França-99 dopado
>
> Das agências internacionais
> Em Paris (França)
>
> Uma reportagem do jornal francês L'Equipe em sua edição desta terça-feira
> afirma que o norte-americano Lance Armstrong conquistou o primeiro de seus
> sete títulos da Volta da França com a ajuda de substâncias proibidas. O
> ciclista, que acaba de se aposentar, teria feito uso do hormônio EPO para
> vencer a prova em 1999, informa o diário esportivo.
>
> Na matéria denominada "A mentira de Armstrong", o L'Equipe descreve o
> resultado de análises que acabam de serem feitas em amostras congeladas da
> urina do norte-americano após a Volta da França de 1999. Segundo o jornal,
> na época os exames antidoping não tinham a capacidade de identificar a
> substância EPO.
>
> De acordo com o jornal, as análises realizadas numa clínica de
> Chatenay-Malabry concluíram que Lance Armstrong usou a substância
proibida,
> que tem o poder de aumentar a produção de glóbulos vermelhos no sangue,
> melhorando a oxigenação dos músculos e o desempenho físico em 30%.
>
> "Vou repetir o que já disse muitas vezes: jamais usei drogas para melhorar
> meu desempenho esportivo", rebateu Armstrong num pronunciamento em seu
> website oficial.
>
> O consumo do EPO, principalmente por ciclistas, é um capítulo a parte na
> história do doping no esporte. Até 1999, os exames eram incapazes de
> identificar sua presença. Por isso, seu uso por atletas virou corriqueiro.
>
> Somente em 2000, com novas práticas desenvolvidas para os Jogos Olímpicos
de
> Sydney, o EPO passou a ser identificado em exames antidoping. A partir
desse
> ano, uma série de casos foram descobertos, a maioria deles em competidores
> da Volta da França.
>
> Segundo a reportagem publicada nesta terça, doze amostras recolhidas entre
> 1998 e 1999 na Volta da França deram positivo para a substância. Seis
delas
> pertenciam a Armstrong. Os demais competidores não tiveram seus nomes
> revelados.
>
> Armstrong, que muitas vezes em sua carreira negou envolvimento com doping,
> encerrou a carreira em julho passado, após a conquista da Volta da França,
> principal prova do ciclismo de estrada internacional, pela sétima vez
> consecutiva. O norte-americano de 33 anos é o maior vencedor da história
da
> competição.
>
> Em uol online, últimas notiícias - esporte.
>
> http://esporte.uol.com.br/outros/ultimas/2005/08/23/ult68u1078.jhtm




Mais detalhes sobre a lista de discussão cevdopagem

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.