[Cevdopagem] [Fwd: Hormonio]

Ribeiro, Alvaro alvaro em cev.org.br
Quarta Abril 7 13:57:49 BRT 2004


psi... Alvaro
----------------------------- Mensagem Original ------------------------------
Assunto: Hormonio
De:      "Antonio Roberto" <arrsantos em uol.com.br>
Data:    Wed, Abril 7, 2004 5:30
------------------------------------------------------------------------------

      Técnica de despistagem quase concluída
      Hormona de crescimento controlada em Atenas 2004

        Duarte Ladeiras
      com AP e AFP
      Os atletas apurados para os Jogos Olímpicos de Atenas 2004 vão ser
submetidos a testes ao consumo de hormona de crescimento (hGH). Duas
equipas de cientistas estão perto de concluir uma técnica para detectar
este dopante, cada vez mais utilizado no desporto, mas, caso não atinjam
os objectivos antes de Agosto, as amostras sanguíneas serão conservadas
para analisar após a competição.

      "Sinto que chegámos a um consenso de que as direcções que estamos a
seguir estão cientificamente correctas e podem ser defensáveis em
tribunal", afirmou o director-geral da Agência Antidopagem dos EUA
(USADA), Larry Bowers, depois de um simpósio no Texas que reuniu
cientistas, directores de laboratórios e dirigentes desportivos.

      Durante o fim-de-semana, os participantes discutiram o trabalho já
realizado por duas equipas de cientistas, uma britânica e outra alemã,
que incide sobre a forma de distinguir entre hGH do próprio corpo e
hormonas sintéticas ou produzidas sob estimulação de substâncias
externas.

      Bowers mostrou-se bastante optimista, lembrando o que aconteceu há dois
anos: "Antes dos Jogos de Inverno de 2002, um certo número de médicos
disse que não haveria testes de despistagem da darbepoietina [produto
vinte vezes mais poderoso que a EPO] e que esta substância nunca poderia
ser detectável". Apesar dos avisos da Agência Mundial Antidopagem (AMA),
dois esquiadores de fundo, o espanhol de origem alemã Johan Muhlegg e a
russa Olga Danilova, foram punidos por utilizar darbepoietina e perderam
as medalhas que conquistaram em Salt Lake City.

      Segundo Olivier Rabin, director científico da AMA, assim que o teste de
controlo for validado pela comunidade científica internacional, passará
a ser realizado em todos os laboratórios acreditados pelo Comité
Olímpico Internacional, inclusive o de Portugal.

      A hormona de crescimento, pequena molécula também conhecida como
somatropina, é produzida pela glândula hipófise e posteriormente
transformada pelo fígado no seu principal metabolito, o IGF-1, que actua
em todo o corpo na reabilitação e desenvolvimento das células.

      Milhares de crianças em todo o mundo dependem da hGH para ultrapassarem
deficiências no crescimento, mas este medicamento é muito caro e é alvo
de um controlo apertado por parte dos sistemas de saúde. Já se
registaram desvios de hGH de hospitais e clínicas e no mercado negro é
cada vez mais fácil encontrar este produto, pois aumenta
significativamente a capacidade muscular dos atletas e capacidade de o
corpo reagir ao uso de anabolisantes, e ainda é indetectável pelos
testes antidopagem. Contudo, surgem vários efeitos secundários em
consumidores que não necessitam deste medicamento: crescimento anormal
das mãos, face e pés e outras deformações ósseas, diabetes, distúrbios
na tiróide, aumento das glândulas mamárias dos homens, problemas
cardíacos graves, doença de Creutzfeldt-Jakob (equivalente humano da
doença das vacas loucas), suores e oleosidade na pele.
-------------- Próxima Parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: http://listas.cev.org.br/pipermail/cevdopagem/attachments/20040407/7dc54e5d/untitled-1.1.htm
-------------- Próxima Parte ----------
Um anexo não texto foi limpo...
Nome  : ult_quadbw.gif
Tipo  : image/gif
Tam   : 75 bytes
Descr.: não disponível
Url   : http://listas.cev.org.br/pipermail/cevdopagem/attachments/20040407/7dc54e5d/ult_quadbw.gif


Mais detalhes sobre a lista de discussão cevdopagem

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.