[Cevcbce-L] Re: Conheça a UCB!!!!!

To: cevcbce-l@xxxxxxxxxx
Subject: [Cevcbce-L] Re: Conheça a UCB!!!!!
From: Roberto Landwehr <robland3@xxxxxxxx>
Date: Sat, 03 Mar 2001 22:16:03 -0700
Sr. Antonio,
Não o conheço e portanto, se o sr.s e acha burro então não devo
discordar!!!!!
Gostaria de deixar bem claro que não falo em nome da UCB e nem estou
autorizado a tal. Porém, na qualidade de funcionário que preza a
entidade à qual pertence, não posso deixar de me manifestar.
A UCB NÃO é propriedade direta da Igreja, apesar de pertencer a uma
mantenedora que por sua vez é formada por grupos religiosos. Mas não se
subordina da mesma forma como oma PUC e portanto tem autonomia.
"Minha universidade" é apenas uma metáfora! Quando escrevi "minha
universidade", o significado implícito foi: A universidade na qual
trabalho...
Para bom entendedor meia palavra basta! 
O sr. não me parece conspirador. Suas palavras me fazem crer que o
senhor apresente sintomas de origem psicotogênica. Espero sinceramente
estar errado.
Nossa universidade fez um planejamento estratégico com vistas a atingir
determinadas condições até 2010 e para isso só na Educação Física já
investiu mais de 1 milhão de dólares em laboratórios nos últimos 3 anos.
É CLARO que a contratação de profissionais melhores preparados também
faz parte. E ainda não terminou. E distribui bolsas para professores que
fazem pós graduação fora, tem bolsas de pesquisa para alunos e ainda
financia as pesquisas aprovadas pelo Conselho de Pesquisa!
Entre outras medidas, para melhorar a qualidade do ensino, alterou a
nota mínima para aprovação que desde 1999 é 7 ( sete). Mesmo correndo o
risco de perder alunos... ( Afinal, que capitalismo é esse?)
E não é só com a EF! O novo prédio de laboratórios tem 14000 metros
quadrados! Só de laboratórios voltados primordialmente para a
graduação!!!!!!!! O Campus de Pós Graduação fica na Asa Norte e o Campus
de graduação fica em Aguas Claras. No caso específico da EF, a
quantidade de equipamentos já adquiridos, o imenso investimento em
laboratórios e o fato dos professores darem aulas na pós e na graduação,
motivou a transferência durante o ano passado, do curso de Mestrado para
o Campus de Aguas Claras.
Por acaso lá se faz Ciência do Esporte!!!! Não se perde tempo com
discursos políticos retrógrados! 
O curso de EF da UCB fará 25 anos este ano! Já foi reconhecido há muito
tempo.
O curso de mestrado em fase de reconhecimento é apenas a evolução
natural do processo acadêmico. E assim deveria ser em todas as
universidades. Além disso, os dois professores a que me refiro foram
contratados bem antes da implantação do mestrado! Portanto, mais uma vez
o sr. se equivoca. Aliás, segundo a avaliação do MEC, um deles seria
totalmente dispensável! Só que não é para a Instituição!
Para seu conhecimento, uma entidade que apenas quer reconhecer um curso
não monta duas salas de computadores para seus alunos 2 anos antes de
montar o curso( cada uma com 35 computatores), um laboratório de Mídia e
EF- LIMEFE, este por sua vez responsável pela existência desta lista,
quatro laboratórios de de Fisiologia do Exercício ( cada um com um nome
diferente) e um laboratório de fisiologia geral com 7 estações biopac ,
as únicas do Brasil destinadas apenas ao estudo prático de fisiologia!
Acho que se o senhor quis fazer uma comparação com outra instituição que
vem sendo escrachada nesta lista, foi extremamente infeliz!!!!!!!
Entre outros equipamentos dispomos (atenção, quando digo dispomos é
porque me considero parte integrante do sistema, mas na verdade que
dispõe é a Escola de Educação Física da Universidade Católica de
Brasília) de : 4 eletrocardiógrafos) 2 analisadores metabólicos de gases
( um terceiro em fase de aquisição), 2 esteiras sendo que uma construida
sob especificações de nossa equipe pode até receber uma bicicleta! Um
cicloergômetro Lode Excalibur com sensores de força nos pedais ( único
desse tipo no Brasi - U$ 30.000,00). Um DXA que sozinho custou U$
100.000,00. Um ciclosimulador Technogym, Toda a parafernália para um bom
laboratório de bioquímica, 8 bicicletas Monark suecas, 2 bicicletas
computadorizadas só para Wingate ( uma nacional e outra Monark )
Espirometro, diversos aparelhos de bioimpedância, dezenas de plicometros
de diferentes tipos... Vários antropometros... Um aparelho isocinético (
U$ 50.000,00)...
Fora isso, ainda podemos dispor de outros laboratórios como o da
fisioterapia que possui uma central para análise tridimensional de
movimentos, espirometro para difusão de gases ( medida de volume
residual para pesagem hidrostática), mais um analisador metabólico de
gases...
As estações Biopac ( fisiologia geral) custaram algo em torno de U$
100.000,00
E o melhor é que os laboratórios não tem "dono" quem tiver pesquisa
aprovada pelo conselho de pesquisa pode usar qualquer laboratório. Sem
feudos...
Sobre os professores, são mais de 60, sendo que aproximadamente 25% tem
doutorado e mais de 50% são mestres ou mestrandos. Nada mal
comparando-se à média. Principalmente estando fora do eixo Rio-São
Paulo... 
Quanto à polêmica, tem fundamento sim. O Colégio Brasileiro de Ciências
do Esporte foi fundado com uma finalidade. E em parte foi desvirtuada...
Fecharam o colégio à outras disciplinas e vão acabar o destruindo . É
como o escorpião que ao final se mata! 
Lista de discussão é para se discutir. Suas colocações equivocadas ( ah!
como é difícil ser educado em certas circunstâncias) a meu respeito só
me estimulam. Afinal, o desmonte da Educação Física é feito por aqueles
que pensam que sabem e se assenhoram de suas colocações como a única
verdade! Assim sendo, não abrem espaço para os que pensam de forma
diferente! Imaginem daqui a 100 anos!!! Pois é... O CBCE está vivendo a
sua idade média!
Bom, sei que o CBCE tem pontos positivos como por exemplo a revista. Não
questiono a integridade de sua diretoria e por aí vai! Pode ter certeza
de que quando retornar ao Brasil estarei expondo minha opinião nas
reuniões do CBCE. Ainda vai demorar um pouco...
O CBCE não é Educação Física, nunca foi e nunca será! Exetuando-se é
claro uma meia dúzia de mentes obtusas que não conseguem diferenciar...
Pois é, uma diretoria responsável uma sociedade ao saber que alguém
influente ( alguém? Não sejam ingênuos...Se o Turibio está por trás, tem
um bom grupo com ele...)está tentando montar outra similar, ao menos
tentaria descobrir o por que! E tentaria trazê-lo....
Afinal, juntar esforços em prol de um bem comum deveria ser uma coisa
normal. Principalmente entre indivíduos educados!
Tenho conversado com pessoas que considero importantes à EF. A maioria
está de acordo ao menos em parte comigo. Independente de formação
política.
Pelo visto querem enfrentar carga pesada! Um pouco de sensatez por
favor!
Finalizando, prefiro não ter que discutir com o senhor! A menos que
queira discutir no campo das idéias, mostrando o que se faz, fez, etc!
Não com conversa mole!
Adeus
RL
antonio moraes wrote:
> 
> Companheiro TATÁ:
> 
> Não dê pilha para quem quer aparecer a custa de polêmica (sem fundamento).
> Na verdade, não são "baixas informações" que estão em jogo e sim, "baixas
> intenções". Não caia nas armadilhas daqueles que estão a serviço do desmonte
> da Educação Física e a favor das corporações particulares, que por sua vez,
> estão a serviço de projetos pessoais. O CBCE não tem que chamar ninguém
> para acordos. A entidade é científica e não um balcão comercial. Há pessoas
> que custam a entender que o CBCE é uma entidade de LIVRE ASSOCIAÇÃO. Quem
> está incomodado com a situação do colégio, não precisa se retirar, deve
> participar do CONBRACE, dos GTTs, as secretarias Estaduais e freqüentar
> as assembléias. Ficar esperneando na lista é coisa de gente histérica, que
> não mostra a cara e não discute com a plenária.
> 
> Obs. Essa frase foi demais: " ... acabei trabalhando pela contratação de
> dois ex-membros de sua diretoria em minha universidade". Eu que pensei
> que a UCB fosse propriedade da igreja. Também pensei que fosse os títulos
> dos professores que interessavam à universidade, para obter o credenciamento
> junto ao MEC. Como eu sou burro de pensar uma coisa dessa!!!! Depois eu
> reclamo das pessoas me chamarem de conspirador !!!!
> 
> Até mais TATÁ,
> Um abraço,
> Antonio Carlos.
> 
> -- Mensagem original --
> 
> >Sr Tarcisio,
> >
> > Entendo que quando escrevemos para listas de discussão ou enviamos
> >mensagens eletronicas, seja praxe que não nos preocupemos demasiadamente
> >com a correção dos textos.
> > Assim sendo, quero crer que quando o senhor menciona "baixa
> >informação", não se trata de falta de vocabuláriuo adequado....
> > Realmente, não entendi o significado de suas palavras.
> > O CBCE teve tamanha importância em minha vida acadêmica que acabei
> >trabalhando pela contratação de dois ex-membros de sua diretoria em
> >minha universidade.
> > Gostaria de comentar suas colocações:
> >1 - Quando o senhor diz:"Creio que somente a baixa informação a respeito
> >do CBCE pode explicar a sua mensagem.", O senhor se esquece que a
> >maioria do que escrevi se refere às suas mensagens anteriore. Pois então
> >releia o que o senhor escreveu anteriormente:
> >"Olha, quanto aa sua preocupacao com o possivel surgimento de uma tal
> >Sociedade Brasileira de Ciencias do Esporte, de minha parte, nenhuma das
> >alternativas apresentadas em sua mensagem me atormenta, nem me tira o
> >sono..."
> >Pois é... Falta de preocupação com a sociedade que vive, produz e se
> >alimenta com as CI6ENCIAS DO ESPORTE!!!!!!!!!!"
> >Traduza isso..."... Quem nao ficou no CBCE, nao ficou porque nao quis.
> A
> >saida (assim como o choro...) eh, ou foi, livre. Bem... vaia con
> >Dios!!!.
> >Maios parece... Quem não concorada conosco que se dane!!!!!
> >Na verdade associei-me ao CBCE desde a sua fundaçãoo, ou seja, pelo que
> >me consta, bem antes do que qualquer membro da atual diretoria. Por isso
> >posso até
> >informar que o Congresso de Caxambú será o XXII, não o II,como informa
> o
> >veemente vice-presidente. Só que pararam de me enviar informações. Na
> >verdade não saí!!!!
> >Fui saído!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Sabe-se lá o porque...
> >
> >3 - Continuemos...
> >"...E quem quiser voltar basta preencher a Ficha de Inscricao e pagar a
> >anuidade: mais facil impossivel! Parece ate que muitos continuam
> >inscritos, soh nao pagaram a anuidade..."
> >Esqueceu-se que a questão não é pagar uma taxa e preencher uma ficha. É
> >ter espaço para participar!!!!! Sem joguinhos políticos... Sem
> >politicagem... CIÊNCIA NÃO TEM DONO! NEM PARTIDO POLÍTICO!!!!!!!
> >4 - Parar? Jamais... Então persistamos...
> >"Ademais, os que desejarem abrir outra instancia para a chamada "ciencia
> >do esporte", desde que estejam dentro do direito publico, nao me farao
> >sofrer nem um pouco...
> >"Ah se Salomão fosse julgar ... Nada mais do que o discurso de quem
> >pouco se lixa. Nada como o gosto pelo poder...
> >
> >5 - Falta pouco:
> >"Alias, dependendo dos principios que vao defender, teremos mais debate
> >no campo politico e academico -- o que eh > otimo e nao constituirah
> >nenhuma novidade, como voce bem sabe."
> >Pois é, para variar, essa história de política! Acho que o que falta a
> >essa diretoria do CBCE é discernimento político. Por que não se filiam
> a
> >um partido e se candidatam a cargos públicos onde eventualmente possam
> >melhorar a condição sociald e nosso país?
> >Brincadeira... Política? O tempo todo?!!!!!
> >6 - Finalmente...
> >" E, por fim, apenas como uma possibilidade (se e quando for o caso),
> >considero que a Educacao Fisica, como area do conhecimento, tem
> >abrangencia e responsabilidade sociais, alem de problemas de natureza
> >academica, mais que suficientes para sustentar a existencia de uma
> >entidade cientifica. A proposito: e nao eh exatamente isso o que temos
> 
> >feito no CBCE?!?!?! Ora...
> >"Pois é!!! Duro é não compreender que a Educação Física não é Esporte e
> >que se apropria deste assim como o fazem o Marketing, a Fisioterapia, a
> >Medicina, a Nutrição, a Comunicação...
> >Duro é uma diretoria inteira ter uma visão tão obtusa!
> >
> >Que pena!
> >
> >RL
> >
> >PS: Conheço bem a página do CBCE e fui alertado por "trocentos" e-mails
> >nesta lista parabenizando o CBCE por finalmente ter conseguido montar
> >uma página...Só que foi no ano passado, quando todo mundo já estava na
> >internet há anos!
> >
> >vago Tarcísio Mauro wrote:
> >>
> >> Roberto Landwehr,
> >> Creio que somente a baixa informação a respeito do CBCE pode explicar
> >a
> >> sua mensagem. Na tentativa de contribuir para que você possa ter maiores
> >e
> >> melhores dados a respeito dele, o que certamente o fará reconstruir suas
> >> opiniões, gostaria de, respeitosamente, convidá-lo para o II Congresso
> >> Brasileiro de Ciências do Esporte, que será realizado na cidade de Caxambú,
> >em
> >> Minas Gerais, de 21 a 26 de outubro de 2001, no Hotel Glória.
> >> Para suas primeiras considerações, reproduzo abaixo a temática do
> >> Congresso, já publicada em nosso jornal e que você também pode encontrar
> >em
> >> nosso site, onde teremos prazer em receber sua visita (www.cbce.org.br).
> >Todas
> >> as informações sobre o Congresso estarão lá disponíveis. Para seu contato
> >> direto, nosso endereço eletrônico é cbce@xxxxxxxxxxxxxxx
> >> Cordialmente,
> >> Tarcísio Mauro Vago
> >> (Vice-presidente do CBCE)
> >>
> >> Temática do II CONBRACE:
> >> ?Sociedade, Ciência e Ética: desafios para a Educação Física/Ciências
> do
> >> Esporte.?
> >>
> >> Primeiras Palavras
> >>
> >> A virada do século é uma rica oportunidade para nosso diálogo sobre os
> >> desafios que um ?novo? tempo histórico sugere à Educação Física e às
> Ciências
> >> do Esporte.
> >> Nas múltiplas formas de pensar a sociedade ? ?sociedade da informação?;
> >?do
> >> conhecimento?; ?pós-capitalista?; ?pós-industrial?, ?hipercapitalismo?;
> >> ?sociedade do lazer? ?, que exigências estariam sendo colocadas para
> a
> >> Educação Física e as Ciências do Esporte? Que respostas e alternativas
> >estão
> >> sendo construídas por seus estudiosos(as) e pesquisadores(as)?
> >> O enfrentamento de questões como essas exige que nos interroguemos sobre
> >novas
> >> e antigas incertezas que vêm nos acompanhando. Incertezas, por exemplo,
> > sobre
> >> a ética (ou éticas?) que vem orientando a produção, a distribuição e
> a
> >> utilização do conhecimento científico em âmbito geral e também em nossa
> >área
> >> de intervenção social. E, claro, sobre as relações desse conhecimento
> 
> >com a
> >> invenção de novas tecnologias, com a bioética, dentre outros. Se já nos
> >> perguntamos antes, no Conbrace de 93, ?que ciência é essa??, podemos
> ampliar:
> >> há limites éticos à ?ciência?? Mais especificamente: que representações
> >> estão sendo formuladas a respeito do corpo, da corporeidade humana? Que
> >> repercussões trazem para a Educação Física e as Ciências do Esporte?
> >> Certamente isso impõe também pensar a educação, especialmente a educação
> >> escolar: a responsabilidade política na formação humana de crianças,
> >> adolescentes, jovens e adultos, o legado cultural sobre o qual propõem-se
> >> políticas educativas, a ética e a estética de nossas práticas escolares
> >em EF,
> >> esses são alguns temas para nosso permanente diálogo.
> >> Problematizar os desafios da Educação Física/Ciências do Esporte centrada
> >na
> >> relação ?Sociedade-ciência-ética? é uma condição necessária para ampliar,
> >> aprofundar e orientar nossa intervenção nos diversos campos em que estamos
> >> presentes: ao mesmo tempo, fazer a reflexão da prática e praticar nossas
> >> reflexões.
> >>
> >> ---------------------------------------------------------------------------------------------------
> >>
> >> Roberto Landwehr wrote:
> >>
> >> > Caros colegas,
> >> >
> >> > É meio chato a gente chegar a esse ponto...
> >> > Nosso desenvolvimento em "Ciências do Esporte "é bastante limitado,
> mas
> >> > o maior motivo que posso encontrar para um profissional do Nível do
> Dr.
> >> > Turibio pensar na criação de uma entidade análoga é exatamente a falta
> >> > de flexibilidade do CBCE, gerada pela visão politica de seus dirigentes.
> >> > Pior é que eles não abrem mão.
> >> > O CBCE em 20 anos não aumentou o número de associados. Isso no mínimo
> >me
> >> > soa como má administração.
> >> > Qualquer dirigente consciente estaria preocupado. Não com a
> >> > concorrência, mas com os motivos que geraram a concorrência. Uma
> >> > sociedade do nível do CBCE deve atender a comunidade como um todo e
> não
> >> > a uma parte específica desta. Mas infelizmente, tal não ocorre.
> >> > Na verdade, se os dirigentes do CBCE fossem menos autoritários e mais
> >> > flexíveis, já estaria se mobilizando para acertar um acordo com o
> >> > Turibio e fortalecer a sociedade. Mas duvido que isso ocorra. Pena!
> Mas
> >> > ainda deve haver tempo!
> >> > A revista ainda sobrevive por ser uma das poucas na área... Mas é de
> >> > qualidade e deve ser estimulada. Na verdade, creio que pela própria
> >> > filosofia do CBCE já deveria ter sido lançada outra ( mais uma) revista.
> >> > Educação Física e Ciencias do Esporte, mas isso é assunto para outra
> >> > ocasião...
> >> > Fica aqui a minha tremenda frustração com um sistema que deveria ser
> >> > para todos mas só é para alguns!
> >> > Pois é, Passárgada não é só da realeza....
> >> >
> >> > RL
> >> >
> >> > vago Tarcísio Mauro wrote:
> >> > >
> >> > > Laercio:
> >> > >
> >> > > Olha, quanto aa sua preocupacao com o possivel surgimento de
> uma
> >tal
> >> > > Sociedade Brasileira de Ciencias do Esporte, de minha parte, nenhuma
> >das
> >> > > alternativas apresentadas em sua mensagem me atormenta, nem me tira
> >o
> >> > > sono. Para mim, o que interessa eh continuar a fazer o que jah estamos
> >> > > construindo ha muito tempo (com sucesso significativo, registre-se,
> >> > > mesmo contra todas as precariedades e circunstancias politicas
> >> > > desfavoraveis): fortalecer e ampliar as acoes do CBCE como instancia
> >> > > de producao, circulacao e debate do conhecimento, presidida
> >> > > permanentemente pelo interesse publico, aberta sim aa educação fisica,
> >> > > sem se restringir a ela. Nesse ponto, penso que nao devemos insistir
> >em
> >> > > um (para mim) falso problema: nenhuma diretoria, a comecar da sua,
> >> > > fechou a participacao de ninguem. Quem nao ficou no CBCE, nao ficou
> >> > > porque nao quis. A saida (assim como o choro...) eh, ou foi,
> >> > > livre. Bem... vaia con Dios!!!. E quem quiser voltar basta
> >> > > preencher a Ficha de Inscricao e pagar a anuidade: mais facil
> >> > > impossivel! Parece ate que muitos continuam inscritos, soh nao pagaram
> >> > > a anuidade...
> >> > > Ademais, os que desejarem abrir outra instancia para a chamada
> >> > > "ciencia do esporte", desde que esteja dentro do direito publico,
> nao
> >me
> >> > > farah sofrer nem um pouco... Alias, dependendo dos principios que
> vao
> >> > > defender, teremos mais debate no campo politico e academico -- o
> que
> >eh
> >> > > otimo e nao constituirah nenhuma novidade, como voce bem sabe.
> >> > > E, por fim, apenas como uma possibilidade (se e quando for o
> caso),
> >> > > considero que a Educacao Fisica, como area do conhecimento, tem
> >> > > abrangencia e responsabilidade sociais, alem de problemas de natureza
> >> > > academica, mais que suficientes para sustentar a existencia de uma
> >> > > entidade cientifica. A proposito: e nao eh exatamente isso o que
> temos
> >> > > feito no CBCE?!?!?! Ora...
> >> > >
> >> > > Nem beicinhos nem muxoxos: o que envio a voce (e aa minha amiga
> >> > > Emiliana) sao abracos carinhosos.
> >> > >
> >> > > Tarcisio Mauro Vago (Tata)
> >> > > tata@xxxxxxxxxx
> >> > >
> >> > > ________________________________________
> >> > > Cevadmin-L Adm: laercio@xxxxxx
> >> > > Modo de Usar: http://cev.ucb.br/listas/dicas.htm
> >> > > Mensagens para a lista: Cevadmin-L@xxxxxxxxxx
> >> > > Mensagens Anteriores: http://cev.ucb.br/pipermail/cevadmin-l/
> >> > > Sair da lista: http://cev.ucb.br/mailman/listinfo/cevadmin-l/
> >> >
> >> > __________________________________________________
> >> > Cevcbce-L Adm: Savio Assis <sassis@xxxxxxxxxxxxxx>
> >> > Modo de Usar: http://cev.ucb.br/listas/dicas.htm
> >> > Mensagens para a lista: Cevcbce-L@xxxxxxxxxx
> >> > Mensagens Anteriores: http://cev.ucb.br/pipermail/cevcbce-l/
> >> > Sair da lista: http://www.cev.org.br/listas/cevcbce/
> >> > Visite/colabore com o nosso portal: http://www.cbce.org.br
> >>
> >> __________________________________________________
> >> Cevcbce-L Adm: Savio Assis <sassis@xxxxxxxxxxxxxx>
> >> Modo de Usar: http://cev.ucb.br/listas/dicas.htm
> >> Mensagens para a lista: Cevcbce-L@xxxxxxxxxx
> >> Mensagens Anteriores: http://cev.ucb.br/pipermail/cevcbce-l/
> >> Sair da lista: http://www.cev.org.br/listas/cevcbce/
> >> Visite/colabore com o nosso portal: http://www.cbce.org.br
> >
> >__________________________________________________
> >Cevcbce-L Adm: Savio Assis <sassis@xxxxxxxxxxxxxx>
> >Modo de Usar: http://cev.ucb.br/listas/dicas.htm
> >Mensagens para a lista: Cevcbce-L@xxxxxxxxxx
> >Mensagens Anteriores: http://cev.ucb.br/pipermail/cevcbce-l/
> >Sair da lista: http://www.cev.org.br/listas/cevcbce/
> >Visite/colabore com o nosso portal: http://www.cbce.org.br
> >
> 
> ___________________________________________________________
> 
> http://www.zipmail.com.br O e-mail que vai aonde você está.
> 
> __________________________________________________
> Cevcbce-L Adm: Savio Assis <sassis@xxxxxxxxxxxxxx>
> Modo de Usar: http://cev.ucb.br/listas/dicas.htm
> Mensagens para a lista: Cevcbce-L@xxxxxxxxxx
> Mensagens Anteriores: http://cev.ucb.br/pipermail/cevcbce-l/
> Sair da lista: http://www.cev.org.br/listas/cevcbce/
> Visite/colabore com o nosso portal: http://www.cbce.org.br

© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.