[Cevcbce-L] Sobre a mensagem de Roberto Landwehr

To: cevcbce-l@xxxxxxxxxx
Subject: [Cevcbce-L] Sobre a mensagem de Roberto Landwehr
From: vago Tarcísio Mauro <tata@xxxxxxxxxx>
Date: Fri, 02 Mar 2001 01:40:46 -0300
Roberto Landwehr,
Creio que somente a baixa informação a respeito do CBCE pode explicar a
sua mensagem. Na tentativa de contribuir para que você possa ter maiores e
melhores dados a respeito dele, o que certamente o fará reconstruir suas
opiniões, gostaria de, respeitosamente, convidá-lo para o II Congresso
Brasileiro de Ciências do Esporte, que será realizado na cidade de Caxambú, em
Minas Gerais, de 21 a 26 de outubro de 2001, no Hotel Glória.
Para suas primeiras considerações, reproduzo abaixo a temática do
Congresso, já publicada em nosso jornal e que você também pode encontrar em
nosso site, onde teremos prazer em receber sua visita (www.cbce.org.br). Todas
as informações sobre o Congresso estarão lá disponíveis. Para seu contato
direto, nosso endereço eletrônico é cbce@xxxxxxxxxxxxxxx
Cordialmente,
Tarcísio Mauro Vago
(Vice-presidente do CBCE)
Temática do II CONBRACE:
?Sociedade, Ciência e Ética: desafios para a Educação Física/Ciências do
Esporte.?
Primeiras Palavras
A virada do século é uma rica oportunidade para nosso diálogo sobre os
desafios que um ?novo? tempo histórico sugere à Educação Física e às Ciências
do Esporte.
Nas múltiplas formas de pensar a sociedade ? ?sociedade da informação?; ?do
conhecimento?; ?pós-capitalista?; ?pós-industrial?, ?hipercapitalismo?;
?sociedade do lazer? ?, que exigências estariam sendo colocadas para a
Educação Física e as Ciências do Esporte? Que respostas e alternativas estão
sendo construídas por seus estudiosos(as) e pesquisadores(as)?
O enfrentamento de questões como essas exige que nos interroguemos sobre novas
e antigas incertezas que vêm nos acompanhando. Incertezas, por exemplo, sobre
a ética (ou éticas?) que vem orientando a produção, a distribuição e a
utilização do conhecimento científico em âmbito geral e também em nossa área
de intervenção social. E, claro, sobre as relações desse conhecimento com a
invenção de novas tecnologias, com a bioética, dentre outros. Se já nos
perguntamos antes, no Conbrace de 93, ?que ciência é essa??, podemos ampliar:
há limites éticos à ?ciência?? Mais especificamente: que representações
estão sendo formuladas a respeito do corpo, da corporeidade humana? Que
repercussões trazem para a Educação Física e as Ciências do Esporte?
Certamente isso impõe também pensar a educação, especialmente a educação
escolar: a responsabilidade política na formação humana de crianças,
adolescentes, jovens e adultos, o legado cultural sobre o qual propõem-se
políticas educativas, a ética e a estética de nossas práticas escolares em EF,
esses são alguns temas para nosso permanente diálogo.
Problematizar os desafios da Educação Física/Ciências do Esporte centrada na
relação ?Sociedade-ciência-ética? é uma condição necessária para ampliar,
aprofundar e orientar nossa intervenção nos diversos campos em que estamos
presentes: ao mesmo tempo, fazer a reflexão da prática e praticar nossas
reflexões.
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Roberto Landwehr wrote:
> Caros colegas,
>
> É meio chato a gente chegar a esse ponto...
> Nosso desenvolvimento em "Ciências do Esporte "é bastante limitado, mas
> o maior motivo que posso encontrar para um profissional do Nível do Dr.
> Turibio pensar na criação de uma entidade análoga é exatamente a falta
> de flexibilidade do CBCE, gerada pela visão politica de seus dirigentes.
> Pior é que eles não abrem mão.
> O CBCE em 20 anos não aumentou o número de associados. Isso no mínimo me
> soa como má administração.
> Qualquer dirigente consciente estaria preocupado. Não com a
> concorrência, mas com os motivos que geraram a concorrência. Uma
> sociedade do nível do CBCE deve atender a comunidade como um todo e não
> a uma parte específica desta. Mas infelizmente, tal não ocorre.
> Na verdade, se os dirigentes do CBCE fossem menos autoritários e mais
> flexíveis, já estaria se mobilizando para acertar um acordo com o
> Turibio e fortalecer a sociedade. Mas duvido que isso ocorra. Pena! Mas
> ainda deve haver tempo!
> A revista ainda sobrevive por ser uma das poucas na área... Mas é de
> qualidade e deve ser estimulada. Na verdade, creio que pela própria
> filosofia do CBCE já deveria ter sido lançada outra ( mais uma) revista.
> Educação Física e Ciencias do Esporte, mas isso é assunto para outra
> ocasião...
> Fica aqui a minha tremenda frustração com um sistema que deveria ser
> para todos mas só é para alguns!
> Pois é, Passárgada não é só da realeza....
>
> RL
>
> vago Tarcísio Mauro wrote:
> >
> > Laercio:
> >
> > Olha, quanto aa sua preocupacao com o possivel surgimento de uma tal
> > Sociedade Brasileira de Ciencias do Esporte, de minha parte, nenhuma das
> > alternativas apresentadas em sua mensagem me atormenta, nem me tira o
> > sono. Para mim, o que interessa eh continuar a fazer o que jah estamos
> > construindo ha muito tempo (com sucesso significativo, registre-se,
> > mesmo contra todas as precariedades e circunstancias politicas
> > desfavoraveis): fortalecer e ampliar as acoes do CBCE como instancia
> > de producao, circulacao e debate do conhecimento, presidida
> > permanentemente pelo interesse publico, aberta sim aa educação fisica,
> > sem se restringir a ela. Nesse ponto, penso que nao devemos insistir em
> > um (para mim) falso problema: nenhuma diretoria, a comecar da sua,
> > fechou a participacao de ninguem. Quem nao ficou no CBCE, nao ficou
> > porque nao quis. A saida (assim como o choro...) eh, ou foi,
> > livre. Bem... vaia con Dios!!!. E quem quiser voltar basta
> > preencher a Ficha de Inscricao e pagar a anuidade: mais facil
> > impossivel! Parece ate que muitos continuam inscritos, soh nao pagaram
> > a anuidade...
> > Ademais, os que desejarem abrir outra instancia para a chamada
> > "ciencia do esporte", desde que esteja dentro do direito publico, nao me
> > farah sofrer nem um pouco... Alias, dependendo dos principios que vao
> > defender, teremos mais debate no campo politico e academico -- o que eh
> > otimo e nao constituirah nenhuma novidade, como voce bem sabe.
> > E, por fim, apenas como uma possibilidade (se e quando for o caso),
> > considero que a Educacao Fisica, como area do conhecimento, tem
> > abrangencia e responsabilidade sociais, alem de problemas de natureza
> > academica, mais que suficientes para sustentar a existencia de uma
> > entidade cientifica. A proposito: e nao eh exatamente isso o que temos
> > feito no CBCE?!?!?! Ora...
> >
> > Nem beicinhos nem muxoxos: o que envio a voce (e aa minha amiga
> > Emiliana) sao abracos carinhosos.
> >
> > Tarcisio Mauro Vago (Tata)
> > tata@xxxxxxxxxx
> >
> > ________________________________________
> > Cevadmin-L Adm: laercio@xxxxxx
> > Modo de Usar: http://cev.ucb.br/listas/dicas.htm
> > Mensagens para a lista: Cevadmin-L@xxxxxxxxxx
> > Mensagens Anteriores: http://cev.ucb.br/pipermail/cevadmin-l/
> > Sair da lista: http://cev.ucb.br/mailman/listinfo/cevadmin-l/
>
> __________________________________________________
> Cevcbce-L Adm: Savio Assis <sassis@xxxxxxxxxxxxxx>
> Modo de Usar: http://cev.ucb.br/listas/dicas.htm
> Mensagens para a lista: Cevcbce-L@xxxxxxxxxx
> Mensagens Anteriores: http://cev.ucb.br/pipermail/cevcbce-l/
> Sair da lista: http://www.cev.org.br/listas/cevcbce/
> Visite/colabore com o nosso portal: http://www.cbce.org.br

© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.