[cevbasq] Brasileiros da NBA estão fora do Pan

Carlos Alex Soares carlosalexsoares em gmail.com
Sábado Março 10 22:03:26 BRT 2007


Brasileiros da NBA estão fora do Pan 
Segundo Leandrinho, do Phoenix, times temem lesões e falta de seguro 

Heleni Felippe 

O armador Leandrinho, deixou claro ontem, em entrevista nos Estados Unidos, que os atletas que atuam em times da liga norte-americana não serão liberados para o Pan do Rio, em julho, e talvez nem para o Pré-Olímpico, em agosto. O Brasil não deve ter Leandrinho, do Phoenix Suns, nem Anderson Varejão, do Cleveland Cavaliers - Nenê Hilário, do Denver Nuggets, tem recusado as convocações já há algum tempo. Leandrinho acha que times da NBA temem por contusões dos jogadores e não têm certeza de que receberiam os seguros.

'Há obstáculos. Acho difícil eu ir para a seleção. Os times se preocupam com possíveis lesões e problemas com os seguros. Concordo que o Pan não vale nada (em termos de classificação) para o basquete, mas torço para dar tudo certo no Pré-Olímpico (de Las Vegas, valendo vaga para a Olimpíada).'

Disse não saber como 'a história do seguro' chegou aos EUA. Após o Mundial do Brasil, em 2006, a pivô Alessandra denunciou que o grupo jogou sem seguro saúde. 'Nem sabia dessa história da Alessandra e não sei como chegou o assunto aqui, mas chegou e acho que é por isso que eles não querem liberar os jogadores', observou Leandrinho, que na rodada de quarta-feira da NBA foi o salvador dos Suns na vitória sobre o Charlotte Bobcats por 115 a 106. Leandrinho bateu seu recorde pessoal com 32 pontos (foram 7 cestas da linha dos 3 pontos).

Em nota oficial, a CBB informou que paga os seguros. 'Na convocação, envia um ofício para a NBA, que informa o valor a ser pago a uma empresa dos EUA. Assim que recebe o valor, faz o depósito.' Leandrinho confirmou que o seu seguro e o de Varejão estavam pagos no Mundial do Japão, em 2006. 'De outros, acho que não, mas não sei qual foi o acordo feito com cada jogador.'

Leandrinho confirmou que ninguém da CBB o procurou para falar de seleção e da temporada de 2007. 'Encontrei o Manteiga (Luiz Antônio Rodrigues, superintendente técnico) , com o filho, passeando em Atlanta, mas ele não falou nada de seleção', ressaltou. A entidade disse que deu início aos contatos com os jogadores em dezembro, por ofício.










Mais detalhes sobre a lista de discussão cevbasq

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.