[cevbasq] Em crise, basquete do Flamengo acaba

Rodrigo Rossi rossicev em yahoo.com.br
Quinta Agosto 12 15:19:25 BRT 2004


Afundado numa crise sem fim e acumulando micos
seguidos no Campeonato Brasileiro, o Flamengo parece
ter perdido o rumo definitivamente.

Motivo de orgulho para o torcedor rubro-negro no
primeiro semestre com o vice-campeonato da Liga
Nacional e a classificação para a Liga Sul-Americana
do ano que vem, a equipe de basquete, tradicional e de
muitas glórias ao longo dos anos, foi desfeita e não
disputará o Estadual pela primeira vez na história.

Não é necessário ser gênio para advinhar que a crise
financeira que atormenta à Gávea foi o motivo alegado
pela diretoria rubro-negra para o desmanche da equipe
vice-campeã estadual e brasileira.

Mas o que ninguém entende é porque a decisão não foi
tomada antes de o clube anunciar a contratação de seis
reforços para a disputa do Estadual, que teriam sido
apresentados nesta quarta-feira.

"É mais um fato inédito na minha carreira. Estou
perplexo. A gente monta um novo time e no dia seguinte
o vice-presidente de esportes olímpicos é demitido.
Como se não bastasse, um dia depois a diretoria avisa
que não tem mais time por problemas financeiros.
Porque não resolveram isso antes de fecharmos com os
atletas? Só me resta voltar para casa", afirmou o
técnico Emmanuel Bomfim.

Responsável pelo excelente trabalho desenvolvido
durante o Nacional, o ex-vice de esportes olímpicos,
Arnaldo Szpiro, substituído na última segunda-feira
por Gérson Biscotto, que irá acumular a
vice-presidência de remo e dos demais esportes
olímpicos, lamentou a decisão do clube.

"Eles alegam que o basquete é uma das modalidades
responsáveis pelo déficit na folha, mas devem estar
esquecendo que existem funcionários em vários outros
setores ganhando salários absurdos. Só posso lamentar
que um trabalho maravilhoso esteja sendo jogado fora",
disse.

Mas pelo visto o basquete não será o único esporte a
ter seu fim decretado no Flamengo. Segundo o
presidente Márcio Braga, só as modalidades
estatutárias sobreviverão na Gávea.

"Infelizmente o time de basquete causava déficit
grande para a folha do clube. Qualquer esporte hoje
que tiver um custo alto para o clube acabará, à
exceção do remo e do futebol, que são estatutários",
explicou o presidente rubro-negro.
 

FONTE: TERRA ESPORTES 


	
	
		
_______________________________________________________
Yahoo! Acesso Grátis - navegue de graça com conexão de qualidade! Acesse: http://br.acesso.yahoo.com/



Mais detalhes sobre a lista de discussão cevbasq

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.