LULA FAZ OPÇÃO PELA JUVENTUDE NA BUSCA DA VAGA OLIMPICA

To: <"Undisclosed-Recipient:;"@botucatu.terra.com.br>
Subject: LULA FAZ OPÇÃO PELA JUVENTUDE NA BUSCA DA VAGA OLIMPICA
From: "Alcir Magalhaes Filho" <alcirmf@xxxxxxxxxxxx>
Date: Tue, 18 Feb 2003 12:15:45 -0300

WORKSHOP
Por Marta Teixeira
A classificação para os Jogos Olímpicos de Atenas 2004 é o principal objetivo 
da seleção brasileira masculina de basquete nesta temporada e para cumprir esta 
missão, o técnico Aluísio Ferreira deixou claro que aposta no talento e 
disposição dos jovens. Nesta segunda-feira, Luladivulgou o nome dos 29 
jogadores convocados para avaliação física e médica, com chances de defender o 
Brasil nos compromissos internacionais - Sul-americano, Copa América e 
Pré-olímpico -, que definirão os classificados para Atenas.
A principal característica da lista é a juventude do grupo. Com a saída dos 
veteranos alas Vanderlei (30 anos) e Rogério (31) e do pivô Sandro Varejão 
(30), o armador Demétrius (29) passa a ser o atleta com idade mais elevada no 
grupo. O pivô Tiago Splitter (Bilbao Basket) e o ala/pivô Marcus Vinicius 
(Scavolini Pesaro) são os caçulas da equipe, com 18 anos.
"Não estou acoplando experiência à idade", diz o técnico Lula, confiante que a 
nova geração vai dar conta dos compromissos. "Estamos tentando dar sequência ao 
processo de renovação. Em Indianápolis (Mundial) já tínhamos uma escadinha de 
idades", explica, lembrando da presença de Anderson Varejão, Nenê, Leandrinho e 
Splitter, todos então com menos de 20 anos, no grupo.
Para disputar os Jogos da Grécia, os brasileiros terão de superar vários 
obstáculos. No Sul-americano, a equipe precisará ficar entre os três primeiros 
para chegar ao Pan-americano, que levará seus semifinalistas ao Pré-olímpico. 
Neste, o Brasil disputará uma das três vagas abertas para o Continente, em 
Atenas.
A responsabilidade é grande, mas o técnico acredita que os 12 que chegarem à 
convocação definitiva darão conta do recado. "Claro que nem todos estão 
prontos. Mas dentro do grupo de 29, há jogadores com bagagemsuficiente e, 
felizmente, com menor idade", explica, afirmando não se preocupa com a reação 
do time à previsível pressão para a conquistada vaga em Atenas.
"A pressão existe e vai existir sempre. Mas precisamos fazer com que o jovem 
também conviva com isto", diz Lula, que garante estar preparado caso surjam 
polêmicas sobre suas escolhas. "Ela (crítica) vai existir sempre, porque quem 
está fora tem todas as possibilidades e todas a opções.Mas quem comanda precisa 
escolher um caminho". 
E o caminho escolhido por Lula e sua comissão técnica (Guerrinha e Flávio 
Davis) aposta no futuro. "Escolhemos o caminho da juventude, da característica 
de jogo e da coragem de buscar uma vaga olímpica", afirma o treinador. "A 
seleção sempre vai precisar de mudanças, porque quem fica estagnado corre o 
risco de ser atropelado pelo novo".
Futuro de cara nova
O Mundial de 2002 é a base para a temporada atual da seleção e a definição dos 
12 convocados não deve apresentar muitas mudanças em relação ao grupo que foi a 
Indianápolis. "Não vamos causar grandes surpresas", garante Lula. Assim, 
Anderson, Tiago e Nenê deverão ser as figuras centrais no garrafão. Mas 
enquanto o titular do Denver Nuggets não puder reforçar o Brasil - a franquia 
norte-americana só garantiu sua liberação para o Pré-olímpico -, a disputa por 
seu espaço será acirrada nos outros torneios. Incluindo quem já passou pelo 
time principal,como Estevam, Luiz Fernando e Alírio e os que tiveram 
experiências apenas nas categorias de base como Murilo, Lucas Daniel e André 
Bambu.
A possibilidade de aproveitar os novos talentos empolga o treinador, que chama 
a atenção para promessas que deram certo na seleção. Da seleção juvenil de 
2000, ele lembra a passagem de Nenê, Tiagão, Adriano, Leandrinho, André Bambu e 
Jefferson William, todos lembrados na convocação desta segunda. Do grupo de 
1999, Lula destaca Guilherme e Jefferson Sobral, acrescentando também Alex, que 
não defendeu a seleção, mas está na mesma faixa. 
A próxima seleção brasileira deve reunir o grupo intermediário do Mundial 
passado, caracterizado pelos jogadores com idade acima dos 24 anos, e as 
promessas que têm chamado a atenção das equipes no Brasil e exterior. "Cercamos 
todas as possibilidades e tomamos a decisão de apostar onde os clubes apostaram 
também", diz Lula. "Chamamos meninos que fizeram um bom trabalho nas categorias 
de base para que mostrem do que são capazesna principal", completa. 
Com isto, dez novos aspirantes foram incluídos na lista de pré-convocação 
dentro da proposta de motivar os atletas a investirem na carreira. "Estamos 
investindo na base. Mas o jogador precisa dar continuidade", afirma o 
treinador, que quer um grupo capaz de defender bem sem perder a empolgação para 
atacar. 
"Pelo estilo de jogo de hoje, a defesa tem que ser forte e marcar bem. Mas 
queremos que 40% do nosso volume de jogo venha da característica do 
contra-ataque", revela. "Precisamos esticar mais nosso jogo de ataque e defesa, 
porque leva vantagem quem age e não quem reage", filosofa, explicando queo 
sistema defensivo não pode ser passivo e precisa ir "para cima do adversário". 
"Com o sistema armado, podemos trabalhar os chutes elaborados detrês pontos e 
as bolas de média e curta distância, que são as que cavam faltas". 
Medida de precaução
Os pré-convocados de Lula passarão por testes físicos e avaliaçãomédica nos 
dias 25 de março e 1º de abril, em São Paulo. O objetivo é detectar com 
antecedência possíveis cortes em decorrência de contusões ou problemas de 
saúde, como os que envolveram o armador Valtinho e o pivô Estevam na temporada 
passada. 
Os atletas que estão na Europa podem não ser avaliados nas mesmas datas, por 
causa do calendário de competições. Nenê também não será avaliado com o grupo 
porque só se apresenta à seleção dia 10 deagosto, em Porto Rico, para o 
Pré-olímpico. 
Os Convocados 
*Adriano - Pivô - 20 anos - 2,08m - Uniara/Araraquara (SP)
Alex - Ala - 22 anos - 1,90m - COC/Ribeirão Preto (SP)
*Alexandre (Olivinha) - Ala/Pivô - 19 anos - 2,02m - Flamengo/Petrobras (RJ)
Alírio - Pivô - 25 anos - 2,08m - Mogi/UBC/D´ávo (SP)
Anderson Varejão - Pivô - 20 anos - 2,09m - Barcelona (Espanha)
*André Bambu - Pivô - 23 anos - 2,05m - Uniara/Araraquara (SP)
Arnaldinho - Armador - 24 anos - 1,87m - Uniara/Araraquara (SP)
*Dedé - Ala/Armador - 26 anos - 2,00m - Mogi/UBC/D´ávo (SP)
Demétrius - Armador - 29 anos - 1,94m - Universo/Minas (MG)
Estevam - Pivô - 24 anos - 2,11m - Unit/Uberlândia (MG)
*Fúlvio - Armador - 21 anos - 1,85m - Mogi/UBC/D´ávo (SP)
Guilherme - Ala - 22 anos - 2,01m - Rimini Crabs (Itália)
Helinho - Armador - 27 anos - 1,86m - Franca Basquete (SP)
Jefferson Sobral - Ala - 22 anos - 2,02m - Bauru Basquete (SP)
*Jefferson William - Ala - 19 anos - 2,07m - Unopar/Londrina/Aguativa(PR)
Leandrinho - Armador - 20 anos - 1,92m - Bauru Basquete (SP)
*Lucas Daniel - Pivô - 19 anos - 2,06m - Franca Basquete (SP)
Luis Fernando - Pivô - 25 anos - 2,10m - Universo/Minas (MG)
Manteiguinha - Armador - 21 anos - 1,92m - Vasco da Gama (RJ)
Marcelinho - Ala/Armador - 27 anos - 2,01m - Rimini Crabs (Itália)
*Marcus Vinicius - Ala/Pivô - 18 anos - 2,05m - Scavolini Pesaro (Itália) 
*Murilo - Pivô - 19 anos - 2,07m - Bauru Basquete (SP)
Nenê - Pivô - 20 anos - 2,10m - Denver Nuggets (Estados Unidos)
*Nezinho - Armador - 22 anos - 1,85m - COC/Ribeirão Preto (SP)
Paulão - Pivô - 23 anos - 2,10m - Winner/Limeira (SP)
Renato - Ala - 24 anos - 2,03m - COC/Ribeirão Preto (SP) 
Tiagão - Pivô - 21 anos - 2,01m - COC/Ribeirão Preto (SP)
Tiago Splitter - Ala/Pivô - 18 anos - 2,11m - Basket Bilbao (Espanha)
Valtinho - Armador - 26 anos - 1,86m - Unit/Uberlândia (MG)
* Jogadores convocados pela primeira vez para a seleção adulta 
FONTE : GAZETA ESPORTIVA 
Atenciosamente ,
Alcir Magalhães Filho 
[As partes desta mensagem que não continham texto foram removidas]
<Anterior em Tópico] Tópico Atual [Próximo em Tópico>
  • LULA FAZ OPÇÃO PELA JUVENTUDE NA BUSCA DA VAGA OLIMPICA , Alcir Magalhaes Filho <=

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.