Ministro entrega kits de material esportivo no Paraná

To: <"Undisclosed-Recipient:;"@canela.terra.com.br>
Subject: Ministro entrega kits de material esportivo no Paraná
From: "Alcir Magalhaes Filho" <alcirmf@xxxxxxxxxxxx>
Date: Mon, 17 Feb 2003 12:40:05 -0300

WORKSHOP
Segue informações divulgadas no CEVMKT 
Atenciosamente ,
Alcir Magalhães Filho 
----- Original Message ----- 
From: "Georgios" <georgios@xxxxxxxxxx>
To: "CEV- Marketing Esportivo" <cevmkt-l@xxxxxxxxxxxxxxxxxx>
Sent: Monday, February 17, 2003 6:10 AM
Subject: [cevmkt-L] MARKETING POLITICO
Ministro entrega kits de material esportivo no Paraná 
Da Agência Brasil 
O ministro do Esporte, Agnelo Queiroz, e o governador do Paraná, Roberto 
Requião entregarão nesta segunda-feira em Curitiba kits de materiais esportivos 
- bolas de futebol de campo e salão, voleibol e handebol - a 196escolas 
públicas paranaenses. Esses materiais são fabricados por presos que integram o 
projeto "Pintando a Liberdade", do Ministério do Esporte. 
O projeto possui seis unidades no Paraná e emprega cerca de 500 presos que 
produzem duas mil bolas por mês. Foram beneficiadas no ano passado maisde 12 
mil escolas no País com a distribuição de bolas, redes, raquetes de tênis e de 
mesa, mochilas e uniformes. 
Além da distribuição de materiais, o Ministério do Esporte e o governo do 
Paraná formalizarão parceria visando gerar emprego e renda através dos 
esportes, em comunidades de baixa renda, com a utilização da experiência do 
"Pintando a Liberdade". 
O município de Mamborê, região de Campo Mourão, será o primeiro beneficiado com 
o projeto Emprego e Renda no Esporte, por meio do qual pai emãe desempregados 
produzem a bola para que o filho pratique esporte. A idéia é que o filho fique 
longe das drogas e violência e os pais obtenham renda para adquirir alimentos. 
Segundo o presidente da Paraná Esporte, Ricardo Gomide, esta é uma ajuda 
concreta do Ministério do Esporte aoPrograma Fome Zero. 
O "Pintando a Liberdade", criado há cinco anos no Paraná, tem a finalidade de 
reintegrar os presos à sociedade e profissionalizá-los por meio da utilização 
da mão-de-obra na fabricação de materiais esportivos. 
Atualmente, o programa beneficia 12,7 mil detentos de 25 Estados e do Distrito 
Federal, explica o executor do projeto, Gerêncio Nelcyr de Bem. Além de 
garantir um ofício aos detentos, é pago um salário para auxiliar-lhes nas 
despesas familiares. A cada três dias de trabalho nas oficinas,os internos 
ganham um dia de redução da pena. 
Na confecção dos produtos é utilizado material com a mesma qualidade de marcas 
esportivas famosas. O Ministério do Esporte compra os materiaisdo "Pintando a 
Liberdade" com desconto de 30%, e contribui, assim, com o Ministério da Justiça 
na inserção dos presos ao mercado de trabalho.A implantação do projeto é feita 
em acordo com a Secretaria de Justiça ou Esporte de cada estado. Qualquer preso 
pode participar do projeto, mas os critérios de seleção são definidos pela 
administração dos presídios. 

[As partes desta mensagem que não continham texto foram removidas]
SAIR DA LISTA: msg em branco para 
cevmkt-L-unsubscribe@xxxxxxxxxxxxxxxxxx
MODO DE USAR: http://www.cev.org.br/listas/dicas.htm 

Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito às regras descritas em: 
http://br.yahoo.com/info/utos.html 
Esta mensagem foi verificada pelo E-mail Protegido Terra.
Scan engine: VirusScan / Atualizado em 12/02/2003 / Versão: 1.3.13
Proteja o seu e-mail Terra: http://www.emailprotegido.terra.com.br/
[As partes desta mensagem que não continham texto foram removidas]
<Anterior em Tópico] Tópico Atual [Próximo em Tópico>
  • Ministro entrega kits de material esportivo no Paraná , Alcir Magalhaes Filho <=

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.