Fw: PUNIÇÕES DAS 6ª E 7ª RODADAS DO NACIONAL MASCULINO

To: <"Undisclosed-Recipient:;"@una.terra.com.br>
Subject: Fw: PUNIÇÕES DAS 6ª E 7ª RODADAS DO NACIONAL MASCULINO
From: "Alcir Magalhaes Filho" <alcirmf@xxxxxxxxxxxx>
Date: Mon, 17 Feb 2003 12:23:52 -0300

WORKSHOP
Segue Opinião do participante Almir Aleo, para conhecimento de todos deste 
Workshop.
Atenciosamente ,
Alcir Magalhães Filho 
----- Original Message ----- 
From: Almir Aleo 
To: Alcir Magalhaes Filho 
Sent: Monday, February 17, 2003 11:12 AM
Subject: Re: PUNIÇÕES DAS 6ª E 7ª RODADAS DO NACIONAL MASCU LINO
caro alcir,
recebi diversos e-mail sobre o nosso nobre basquete e o grande problema sempre 
é arbitragem
sera que nao esta na hora desses nossos amigos fazerem uma reciclagem, 
poisindependentemente e serem profissionais as vezes eles esquecem de detalhes
isso tambem poder ser feito a treinadores e jogadores para que eles nao 
reclamem as vezes sem saber que isso e comum, pode ser um comeco de mudanca 
dentro da estrutura baquetorial 
este esporte que tanto emociona e empolga pois segundos valem horas tem queser 
o segundo melhor deste grande país e temos condicoes de ser é sóquerer
abracos
almir aleo
----- Original Message ----- 
From: Alcir Magalhaes Filho 
To: "Undisclosed-Recipient:;"@bertioga.terra.com.br 
Sent: Sunday, February 16, 2003 5:38 PM
Subject: Fw: PUNIÇÕES DAS 6ª E 7ª RODADAS DO NACIONAL MASCU LINO

WORKSHOP
Caro Maués, 
Estive em Belém no campeonato juvenil realmente os atletas ficaram em um 
excelente hotel, com excelente café da manhã, almoço, piscina , enfim uma 
estrutura e organização irrepreensível e o Sr.Grego estava lá pode confirmar o 
que estou falando .
Tive durante um dos jogos tive a oportunidade de conversar, dentro doginásio do 
Remo, com o Sr.Grego mostrando a minha preocupação com asituação do basquete de 
Brasília .
A única ressalva que faço foi o nível péssimo da arbitragem principalmente pelo 
um arbitro chamado Chico de SP , que foi sofrível no primeiro jogo entre DF x 
Pará, quase prejudicando o espetáculo, na época o responsável pela arbitragem 
do campeonato era o Afini e comentei com ele sobre o assunto .
Fiz questão de escrever estas para confirmar tudo o que foi escrito pelo Maués, 
já naquela época os problemas com arbitragem já existiam não é coisa de hoje e 
pelo visto não foi feito nada para melhorar o nível . 
Atenciosamente ,
Alcir Magalhães Filho 
----- Original Message ----- 
From: Nelson Maués 
To: Alcir Magalhaes Filho 
Sent: Sunday, February 16, 2003 3:20 PM
Subject: Re: PUNIÇÕES DAS 6ª E 7ª RODADAS DO NACIONAL MASCU LINO
Alcir,
O problema de a equipe de arbitragem muitas vezes beneficiar as equipes locais 
em detrimento das equipes visitantes é muito antiga. Desde o tempo em que eu 
jogava basquete eu sentia isso na pele. Parece que existe uma cultura dentro do 
basquete de que a equipe local deve agradar a equipe de arbitragem para que ela 
a favoreça durante os jogos. Já vi isso aqui em Belém quando eu jogava. 
Àrbitros sendo tratados como as maiores personalidades da competição. Quando 
assumi a Presidência da Federação, no primeiro campeonato brasileiro que 
tivemos que tivemos em Belém, alguns árbitros que vieram de fora ficaram 
enciumados porque eles achavam que o hotel dos atletas era melhor que o dos 
árbitros. Alguns ficavam achando que deveriam ter privilégios nas refeições, 
mas eu não cedi. Tratamento igual para todos. Talvez alguns estivessem 
acostumados com agrados e bajulações para um possível favorecimento da equipe 
local, o que eu não concordo. Na primeira Assembléia Geral da C.B.B. que 
tivemos após essa competição, coloquei o tema em discussão e pedi que 
acabássemos com essa tradição de tentar vencer jogos agradando a equipe de 
arbitragem. Disse que se minha seleção for beneficiada quando o jogo for em 
Belém, fatalmente seríamos prejudicados quando jogassemos em outro Estado. Não 
estou aqui querendo dizer que os árbitros deliberadamente beneficiem as equipes 
locais, mas essa pressão exercida pelos "donos da casa" pode acabar influindo 
no resultado da partida. Portanto, quem primeiro deve mudar são os dirigentes, 
tratando os árbitros com o respeito e a dignidade que eles merecem, como um 
segmento muito importante dentro do basquetebol, mas não mais importante que 
nenhum outro.
Nelson Maués
-----Mensagem Original----- 
De: Alcir Magalhaes Filho 
Para: "Undisclosed-Recipient:;"@bertioga.terra.com.br 
Enviada em: Domingo, 16 de Fevereiro de 2003 09:19
Assunto: PUNIÇÕES DAS 6ª E 7ª RODADAS DO NACIONAL MASCULINO

WORKSHOP
Segue e-mail do participante Michel Zamorano para conhecimento de todos, achei 
importante sua queixa sobre o que acontece, se mais pessoas tivessem a sua 
coragem de se queixarem como vc , certamente mais pessoas saberiam do que esta 
acontecendo e o nosso basquete já teria tomado outro rumo, enquanto a omissão 
persistir pelo medo das represálias, continuaremos assistindo as barbaridades 
que vem acontecendo sem que tenha conseqüências .
Aos pouco as pessoas estão se pronunciando e mostrando o que vem acontecendo 
nos bastidores e isto é importante pq vai chegar em um momento insustentável e 
alquem terá que tomar uma providência ,sejam os clubes, Ministério, Federações 
para que as coisas não fiquem piores. 
Vejo como solução para mudar o basquete atual, de curto para medio prazo, a 
união dos clubes pra criarem a sua propria Liga de Basquete, independente da 
CBB, no meu entender isto já deveria ter sido acontecido a algum tempo .
Esta liga logico, contrataria uma diretoria remunerada, que viesse tratar dos 
interesses do basquete de acordo com os clubes, com metas definidase 
indicadores de avaliação empresarial , ou seja os clubes seriam os grandes 
acionistas da liga.
Os resultados da diretoria seriam avaliados por um conselho , não atingindo os 
indicadores pré-determinados, logicamente dentro de total profissioalismo , 
seguiria o caminho normal das coisas o desemprego, como acontece hoje no 
mercado privado.
Vejo somente esta saida para profissionalizar o basquete.
Entento que se criada esta liga teriamos uma administração mais profissional , 
certamente reduziria o marketing negativo na midia e acabariamos com o 
autoritarismo feudal que existe hoje no basquete brasileiro .
Michel, mais uma vez parabéns pela atitude .
Atenciosamente ,
Alcir Magalhães Filho 
----- Original Message ----- 
From: "michel Zamorano" <michelex@xxxxxxxxxx>
To: <diariodobasquete@xxxxxxxxxxxxxxxxxx>; 
<"Undisclosed-Recipient:;"@gunga.terra.com.br>
Cc: "ASCOM" <ascom@xxxxxxxxxx>
Sent: Monday, February 17, 2003 8:02 AM
Subject: Re: [Diario do Basquete] PUNIÇÕES DAS 6ª E 7ª RODADAS DO NACIONAL 
MASCULINO
> Caro Alcir
> Essa não é uma denuncia, é apenas uma queixa do que acontece, emuitos tem o
> conhecimento dessa situação.Voce pode perguntar para a maioria dos técnicos
> e dos clubes , principalmente de categorias menores e vai constatar que eles
> teem a mesma reclamaçào.
> Michel
> ----- Original Message -----
> From: Alcir Magalhaes Filho <alcirmf@xxxxxxxxxxxx>
> To: <"Undisclosed-Recipient:;"@gunga.terra.com.br>
> Cc: ASCOM <ascom@xxxxxxxxxx>
> Sent: Saturday, February 15, 2003 6:24 PM
> Subject: [Diario do Basquete] PUNIÇÕES DAS 6ª E 7ª RODADAS DONACIONAL
> MASCULINO
> 
> 
> 
> 
> 
> WORKSHOP
> 
> Leiam o que foi escrito abaixo pelo participante Michel Zamorano, poucos
> tem a coragem, a hombridade de vir a publico denunciar arbitrariedades como
> esta gravíssimas , agora começo a entender melhor as palavras do Fontana
> na entrevista que deu no site da CBB , deixando claro o prejulgamento e
> julgamento sumário aos profissionais que fazem basquete no país.
> 
> Sinto no ar que a CBB criou a imagem do capataz do Brasileiro para fazer
> cumprir suas determinações autoritárias sem se expor.
> 
> Escrevam, quando a coisa pegar e os clubes pressionarem, eles deixam o
> Fontana sozinho como fizeram com o Helio e vão dizer que ele não teve perfil
> para conduzir o trabalho escrevam o que estou dizendo .
> 
> Sr.Grego o senhor tem alguma coisa para nos dizer sobre isto ???
> 
> Caro Michel Zamorano, gostaria de externar meu apreço pela sua atitude, se
> mais pessoas fizessem isto que fez , certamente nosso basquete já teria sido
> passado a limpo a mais tempo, espero que imprensa apóie esta lutado
> Workshop e do Diário do Basquete e que a assessoria de comunicação ASCOM,
> do Ministério dos Esportes, segundo informações que obtive, recebe muito do
> que vem sido escrito nas varias mídias faça uma sindicância caso interpretem
> que o que vem sendo escrito é alguma coisa de ordem pessoal ou política.
> posso garantir a essa ASCOM que não é apesar de tentarem utilizarem desse
> artifício para justificar o injustificável.
> 
> Atenciosamente ,
> Alcir Magalhães Filho
> 
> 
> 
> ----- Original Message -----
> From: "michel Zamorano" <michelex@xxxxxxxxxx>
> To: <diariodobasquete@xxxxxxxxxxxxxxxxxx>;
> <"Undisclosed-Recipient:;"@pavuna.terra.com.br>
> Sent: Sunday, February 16, 2003 10:40 AM
> Subject: Re: [Diario do Basquete] Fw: PUNIÇÕES DAS 6ª E 7ª RODADAS DO
> NACIONAL MASCULINO
> 
> 
> > Caro Alcir
> > Gostaria de fazer alguns comentarios, sobre esse tema, no qual vivenciei
> por
> > muito tempo e sentí na pele as atitudes individuais, partidarias e
> > autoritarias de alguns árbitros.
> > Voces fazem idéia do que é sair daquí do interior de São Paulo com uma
> > equipe, seja qual for , de categoria menor, para jogar na capital.
> > Pelo menos para nós aquí de Franca, as dificuldades sempre foram enormes,
> > especialmente as dificuldades de locomoção, muitas vezes com peruas ou
> Vans,
> > que mal cabem a equipe transportada.
> > Agora, vcs imaginam chegar no clube de destino,por exemplo no Ésperia(nada
> > contra esse clube), depois de 7 horas de viagem,uma hora antes do inicio
> da
> > partida e encontrar o arbitro da partida, tomando lanche na lanchonete do
> > clube com os seus diretores e que esse arbitro, por exemplo seja o
> Fontana.
> > Pela experiência que colhemos por anos a fio, já sabemos o que irá
> acontecer
> > naquele jogo.O autoritarismo e a produção da partida fica totalmente a
> mercê
> > desse profissional ,que pode levar para baixo ou para cima, dependendo da
> > sua vontade liberal. E se alguem faz algum questinamento daquela oude
> outra
> > decisão do arbitro, que nesse caso sempre é a equipe visitante,ele, o
> > arbitro expulsa de quadra o técnico, como já aconteceu por varias vezes
> com
> > o Sr Fontana, com os seguranças do clube expulsando esse técnico das suas
> > dependencias, deixando os atletas de 14 ou 15 anos de idade orfãos,
> sósinhos
> > para terminarem a partida.
> > Será que esse arbitro, por exemplo o Fontana, que hoje, pelo que parece
> > ministra cursos de arbitragem e tem uma posição de destaque, e que
> > deveria,por essa posição ter posturas idealistas,educacionais,de
> > equilibrio,e sobretudo de esportista?? E paradoxialmente toma as posturas
> de
> > autoritarismo e arbitragens extremamente punitivas, pelo menos paraas
> > pequenas equipes que veêm lá do interior jogar na capital.
> > Se alguem passou por essa experiência me desmentem, ou que tenhama
> posição
> > contraria a minha, me mostrem que estou errado.
> > Eu aproveito essa oportunidade, para de qualquer maneira, fazer chegar a
> > esses arbitros a nossa revolta com suas atitudes, porque se voce tenta
> falar
> > com eles após as partidas, ou saem escoltados pela segurança doclube ou
> > saem correndo e se fecham no vestiario.Evitando assim conversarem edarem
> > suas explicações, orientações e atenção, para aqueles que fazem o esporte
> > ,que no qual eles(arbitros) usufruem de seus frutos.
> > Gostaria de dizer antes de terminar que, essa queixa não é generalizada
> para
> > o quadro de arbitros, pois há bons profissionais na área e conscientes da
> > grande importancia de seus serviços em prol do esporte.
> > Abraços
> > Michel
> > Franca-S.P.
> >
> 
> 
> 
> 
> [As partes desta mensagem que não continham texto foram removidas]
> 
> 
> Para cancelar sua assinatura deste grupo, envie um e-mail para:
> diariodobasquete-unsubscribe@xxxxxxxxxxxxxxxxxx
> 
> 
> 
> Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito às regras descritas em:
> http://br.yahoo.com/info/utos.html
> 
> 
> 
> 
> Para cancelar sua assinatura deste grupo, envie um e-mail para: 
> diariodobasquete-unsubscribe@xxxxxxxxxxxxxxxxxx
> 
> 
> 
> Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito às regras descritas em: 
> http://br.yahoo.com/info/utos.html 
> 
> 
> 
> Esta mensagem foi verificada pelo E-mail Protegido Terra.
> Scan engine: VirusScan / Atualizado em 12/02/2003 / Versão: 1.3.13
> Proteja o seu e-mail Terra: http://www.emailprotegido.terra.com.br/
> 
> 
------------------------------------------------------------------------------
Esta mensagem foi verificada pelo E-mail Protegido Terra.
Scan engine: VirusScan / Atualizado em 12/02/2003 / Versão: 1.3.13
Proteja o seu e-mail Terra: http://www.emailprotegido.terra.com.br/ 
--------------------------------------------------------------------------------
Esta mensagem foi verificada pelo E-mail Protegido Terra.
Scan engine: VirusScan / Atualizado em 12/02/2003 / Versão: 1.3.13
Proteja o seu e-mail Terra: http://www.emailprotegido.terra.com.br/ 
----------
Esta mensagem foi verificada pelo E-mail Protegido Terra.
Scan engine: VirusScan / Atualizado em 12/02/2003 / Versão: 1.3.13
Proteja o seu e-mail Terra: http://www.emailprotegido.terra.com.br/
[As partes desta mensagem que não continham texto foram removidas]
<Anterior em Tópico] Tópico Atual [Próximo em Tópico>

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.