Agnelo Queiroz recebe a ex-jogadora de basquete Hortência

To: <"Undisclosed-Recipient:;"@botucatu.terra.com.br>
Subject: Agnelo Queiroz recebe a ex-jogadora de basquete Hortência
From: "Alcir Magalhaes Filho" <alcirmf@xxxxxxxxxxxx>
Date: Sun, 16 Feb 2003 10:03:25 -0300

WORKSHOP
Noticia obtida no site do Ministério dos Esportes .
Atenciosamente ,
Alcir Magalhães Filho 
Notícias 
14/2/2003 às 14:01h - Agnelo Queiroz recebe a ex-jogadora de basquete Hortência 

A ex-jogadora de basquete, Hortência Marcari, esteve na manhã de hoje no 
gabinete do Ministério do Esporte. A atleta convidou Agnelo Queiroz para 
participar da abertura da 2ª Vibração Nestlé, em São Paulo, no mês de abril. O 
evento é uma competição entre escolas, voltados aos alunos do ensino médio, 
envolvendo onze modalidades disputadas em quatro capitais brasileiras. Vitória, 
Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro receberão, ao todo, cerca de 2 mil 
jovens entre os meses de maio, junho, agosto e setembro. 
Patrocinado pela Nestlé e organizado pela empresa de Hortência, a competição 
aconteceu pela primeira vez em 2002 e a idéia é torná-la anual. Para 
participar, qualquer escola, pública ou privada, pode se inscrever nas 
modalidades que quiser. Neste ano, estarão em disputao voleibol, basquete, 
handebol, skate, bicicross, atletismo, natação, futebol de campo, futebol de 
salão, tênis de mesa e judô. As escolas campeãs e os dois atletas mais 
destacados durante a competição receberão prêmio em dinheiro. 
Durantes as competições, serão instaladas vilas olímpicas onde acontecerão 
shows, brincadeiras, distribuição de produtos e palestras sobre violência e 
doenças sexualmente transmissíveis.
Hortência afirmou que a presença do ministro será um estímulo positivo para as 
crianças. "Queremos dar continuidade à competição e o seu prestígio será 
importantíssimo para valorizar o evento", disse a atleta a Agnelo Queiroz. O 
ministro garantiu que irá à abertura. "Este é o tipo de iniciativa que temos 
que apoiar porque uma das nossas metas é justamente incentivar a prática 
esportiva nas escolas", afirmou o ministro.
Projeto Social - Além do convite, Hortência apresentou ao ministro o projeto 
social que mantém no Paraná para estimular a prática do basquete entre jovens. 
Os núcleos mantidos em 15 municípios são administrados pela própria atleta, que 
realiza clínicas de capacitação dos professores de educação física cedidos pelo 
governo do estado.
"A idéia é fazer um projeto que atenda a todos, sem discriminação. Quero tanto 
poder dar oportunidades aos jovens carentes, como abrir portas para os talentos 
a serem descobertos", explicou Hortência, lembrando que nestes últimos quatro 
anos de funcionamento, o projeto já levou uma atleta para a seleção 
paraolímpica de basquete e vários outros para a seleção brasileira sub 20.
De acordo com ex-jogadora, a parceria com o governo do Paranáé fundamental para 
o sucesso do projeto. Para este ano, o governo estadual conseguiu um patrocínio 
da empresa paranaense Nutrimental e irá doarmerendas para garantir o reforço 
alimentar das crianças inscritas nos núcleos. Hoje, Hortência mantém cerca de 
13 mil jovens no Paraná e quer expandir a idéia para outros estados. "Quero 
começar por São Paulo e na próxima semana já irei conversar com o secretário do 
estado, Lars Grael, para buscar uma parceria", afirmou.
Agnelo Queiroz colocou-se à disposição para ajudá-la e disse que é a partir de 
projetos como este que será possível atingir o objetivo de utilizar o esporte 
como instrumento de inclusão social. "Esta é uma visão muito próxima da qual 
nós estamos tendo", disse o ministro a Hortência. "Criar idéias simples, 
democratizando o acesso à prática esportiva e abrangendo o maior número de 
pessoas", finalizou Agnelo Queiroz.
Mariana Galiza 

[As partes desta mensagem que não continham texto foram removidas]
<Anterior em Tópico] Tópico Atual [Próximo em Tópico>
  • Agnelo Queiroz recebe a ex-jogadora de basquete Hortência , Alcir Magalhaes Filho <=

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.