Encostou em LeBron? Mamãe arreganha os dentes

To: <"Undisclosed-Recipient:;"@altamira.terra.com.br>
Subject: Encostou em LeBron? Mamãe arreganha os dentes
From: "Alcir Magalhaes Filho" <alcirmf@xxxxxxxxxxxx>
Date: Thu, 13 Feb 2003 11:21:11 -0300

WORKSHOP
Conheçam esta notivia veiculada no CEVMKT
Atenciosamente ,
Alcir Magalhães Filho 
----- Original Message ----- 
From: "Georgios" <georgios@xxxxxxxxxx>
To: "CEV- Marketing Esportivo" <cevmkt-l@xxxxxxxxxxxxxxxxxx>
Sent: Thursday, February 13, 2003 8:42 AM
Subject: [cevmkt-L] MAE EMPRESÁRIA.....
Encostou em LeBron? Mamãe arreganha os dentes 

Gloria James é a mãe mais conhecida do esporte hoje. Protege com espalhafato 
seu "novo Jordan", de 18 anos, que já vale milhões de dólares 


Em Dayton, Ohio, quem vê todos os jogos em que ele participa diz que foi a 
única vez que LeBron James pareceu meio perdido. Era 24 de janeiro, a "Noite 
dos Veteranos" do colégio St. Vincent-St. Mary. É tradição: todos os jogadores 
de basquete do quarto (e último ano) ano e as "cheerleaders" entram com seus 
pais na quadra para serem homenageados. LeBron, agoracom 18 anos, é o novo 
Michael Jordan. Disso, poucos duvidam. E a prova são os milhões de dólares que 
se oferecem à sua volta. Mas quando a cerimônia começou, LeBron entrou sozinho. 
Lá não estava quem chama de "minha mãe, meu pai, minha irmã e meu irmão": 
Gloria James, 34 anos. 
Estava brigando contra as lágrimas, disseram. Largado em uma mesa, o pequeno 
buquê que colocaria no vestido de Gloria. 
Gloria James - que sempre arruma lugar para ela e o filho brilharem - 
nãoapareceu na festa. Não deu explicações. Aliás, não fala aos jornalistas, a 
não ser que o entrevistador seja celebridade e a câmera, da rede de tevê CBS, 
por exemplo. 
Quando é esperada, não aparece. Não deveria estar? Aí não desgruda. Na recente 
vitória do SV-SM sobre a Mentor High School, LeBron já havia feito 45 de seus 
50 pontos quando mamãe apareceu na torcida adversária saracoteando com um 
cartaz do filho. No ano passado, quando fizeram umafalta feia no garoto, entrou 
em quadra para bater nos rivais. No mês passado, quando LeBron fez 18 anos, 
comprou para ele uma picape Hummer H2 com três tevês e um computador. US$ 80 
mil. Sem emprego, o filho ficou sob investigação: como amador não pode ter 
contrato, patrocínio ou receber "presentes". Foi investigado e acabou suspenso 
pela Associação Atlética dos Colégios de Ohio por ter aceito três camisas. Mas 
"é Glo sendo Glo". Faz o que lhe dá na telha. E é barulhenta. E a mais falada 
das mães do mundo do esporte hoje. 
Veste a camisa "LeBron's Mom", aporrinha mesários e árbitros, fala que vai 
sentar no banco - e vai. 
Em seis semanas, LeBron acaba o colégio e assina contrato de tênis de US$ 25 
milhões - com Nike ou Adidas. E em junho será o número 1 do draft da NBA, para 
ganhar US$ 12 milhões por três anos. Depois, deve assinar por dez vezes isso. 
Todo mundo - banqueiros, pessoal dos tênis, candidatos a empresário, o povo da 
tevê, seu colégio - que lucrou meio milhão de dólares com ele em 2002, 
advogados, promotores - e claro, mamãe - todo mundo vê o garoto como dinheiro. 
Depois de tanto, 
um bom garoto 
É o que faz se gostar ainda mais de LeBron. É um bom garoto, depois do que 
passou. Gloria o teve com 16 anos. O pai sumiu. Gloria se virava. Aos 5anos, 
LeBron havia mudado sete vezes. Conta: um lugar não tinha piso, outro não tinha 
luz. Passaram por abrigos. "Vi drogas, revólveres, assassinatos. Era louco. Mas 
minha mãe sempre tinha comida e roupa para mim." 
No quarto ano, perdeu 100 dias de aula. Mas o técnico Frankie Walker, a mulher 
e os filhos resolveram abrigar LeBron que, no quinto ano, já não perdeu um dia 
e tinha boas notas. No oitavo, quando já aparecia no basquete, Gloria voltou 
com força total - com Eddie Jackson, um velho namorado (mas não o pai de 
LeBron), que cumpriu pena por tráfico no início dosanos 90. LeBron passou a 
chamar Jackson de pai. No mês passado, o "pai" voltou para a cadeia, por fraude 
bancária, para mais três anos. 
Agora, Alexandria Boone, amiga de Gloria, da GAP Communications, e o advogado 
Fred Nance construíram uma muralha à volta de LeBron e mamãe, com a ajuda do 
pessoal do seguro do garoto. Mas Gloria faz o que quer. Há dezdias, botou 
fotógrafos para fora do ginásio de Akron xingando aos berros.. Eles saíram. Têm 
a mesma noção do pessoal da Adidas, que fez oprotetor bucal de LeBron - com um 
"King James" dourado estampado na frentee atrás, nos molares, um "Gloria". É a 
prova final: Gloria tem o latido e a mordida. 
TOM ARCHDEACON Cox News 
[As partes desta mensagem que não continham texto foram removidas]
SAIR DA LISTA: msg em branco para 
cevmkt-L-unsubscribe@xxxxxxxxxxxxxxxxxx
MODO DE USAR: http://www.cev.org.br/listas/dicas.htm 

Seu uso do Yahoo! Grupos é sujeito às regras descritas em: 
http://br.yahoo.com/info/utos.html 
Esta mensagem foi verificada pelo E-mail Protegido Terra.
Scan engine: VirusScan / Atualizado em 12/02/2003 / Versão: 1.3.13
Proteja o seu e-mail Terra: http://www.emailprotegido.terra.com.br/
[As partes desta mensagem que não continham texto foram removidas]
<Anterior em Tópico] Tópico Atual [Próximo em Tópico>
  • Encostou em LeBron? Mamãe arreganha os dentes , Alcir Magalhaes Filho <=

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.