[Cevbasq-L] Quem pode parar Shaq e Cia. este ano?

To: cevbasq-l@xxxxxxxxxx
Subject: [Cevbasq-L] Quem pode parar Shaq e Cia. este ano?
From: alcir magalhaes <alcirmf@xxxxxxxxxxxx>
Date: Wed, 9 May 2001 11:56:50 -0300 (ART)
Leiam esse artigo divulgado no site da Gazeta
Esportiva , na pagina de bandeja do reporter Juarez
Araujo
Quem pode parar Shaq e Cia. este ano?
08/05/01 
Miami (EUA) - Antes de começar a temporada regular, os
prognósticos eram de um Los Angeles Lakers favorito ao
título. A equipe comandada pelo técnico Phil Jackson
havia feito algumas mudanças que a tornava ainda mais
forte em relação àquela que conquistou o título na
temporada passada. E, apesar de alguns problemas
internos e de relacionamento entre Shaquille O'Neal e
Kobe Bryant, parece que a paz reina no Staples Center.
A cada rodada, fica difícil encontrar alguma equipe
capaz de parar Shaq e Cia, que estão cada vez mais
dispostos a conquistarem o bicampeonato para o LAL. 
Os Lakers não tiveram dificuldades na primeira fase
diante do estranho time do Portland Trail Blazers, que
mais parece um amontoado de jogadores que propriamente
uma equipe profissional da Liga. Os 3 a 0 na série
pelas quartas-de-final não se pode levar em
consideração pelo estado que atravessava o adversário.
No entanto, já no primeiro jogo contra os Kings, os
Lakers mostram que é uma equipe com potencial
incrível. Tanto ofensivo como defensivo. 
Shaquille está jogando o máximo e Bryant, quando
desperta em quadra, é outro jogador "imarcável". No
domingo, por exemplo, fez apenas dois pontos nos dois
primeiros períodos para terminar depois com 29 pontos,
marcando a maioria das cestas decisivas no terceiro e
quarto períodos. Junto com Shaq, marcaram nada menos
que 73 dos 108 pontos da equipe.
O San Antonio Spurs, das torres gêmeas David Robinson
e Tim Duncan, era a equipe mais habilitada a brigar
com igualdade de condições com os atuais campeões. Mas
a possível ausência de Derek Anderson em todos os
playoffs leva a crer que os Spurs, campeões na
temporada 1998-99, perderam muito do seu poderio
ofensivo e ficarão em demasia dependência de Duncan e
Robinson. Os arremessos certeiros de fora era uma
missão que Anderson fazia com muita exatidão. Sem um
Spurs completo, os Lakers não terão muitas
dificuldades para conquistar o Oeste pela segunda vez
consecutiva. 
No Leste, as coisas começam complicadas para o
Philadelphia e Allen Iverson. A equipe perdeu a
primeira partida em casa para o Toronto Raptors de
Vince Carter e isso faz com que também perca a
vantagem de decidir a série melhor-de-sete partidas no
First Union Center. Apesar da situação de desvantagem,
os Sixers ainda são favoritos ao título do Leste, mas
primeiro precisam reverter a situação e ainda passar
pelo Milwaukee Bucks, que iniciou fazendo bonito
diante do Charlotte Hornets. 
Tudo caminha para uma final de Liga entre Lakers e
Sixers. Aí, os Lakers deverão ficar com o
bicampeonato. É só esperar para ver. 
Curtas&Grossas 
A imprensa norte-americana queria uma suspensão para o
ala/pivô do Dallas Mavericks, Juwan Howard, após a
falta flagrante sobre Derek Anderson, do San Antonio
Spurs. Anderson tentava fazer uma bandeja quando
Howard tentou dar um toco e acabou derrubando o
jogador dos Spurs. Na queda, Anderson bateu o ombro e
a cabeça no chão e deverá ficar entre três a seis
semanas fora das quadras. E Howard, que jura inocência
no lance, não foi punido. 
O basquete brasileiro feminino brasileiro, campeão
mundial, pan-americano e medalha de prata e bronze nas
duas últimas Olimpíadas, terá nada menos que seis
jogadoras na WNBA, a Liga Profissional de Basquete dos
Estados Unidos. Um recorde, superando até mesmo a
Austrália, que tem cinco jogadoras. Isso mostra o
quanto é valioso o trabalho que se realiza com as
meninas brasileiras, mesmo sem o apoio que 
recebe o masculino. Janeth, Cíntia, Claudinha e
Alessandra já estavam. Agora 
será a vez de Helen Luz e Kelly Santos. A temporada
começa no dia 2 de junho, com transmissão pela PSN. 
Shaq O'Neal é uma figura sensacional. Gosta de ajudar
financeiramente todos os amigos e parentes. Vive dando
presentes caros aos companheiros de equipe,
especialmente aqueles que o ajudam a desenvolver
melhor seu jogo. No Natal passado, gastou US$ 180 mil
para dar relógios Rolex para os companheiros. Agora
até um treinador de lances livres foi contratado para
ajudar a melhorar o fundamento do jogador que no
domingo marcou 44 pontos, apanhou 21 rebotes (sendo 11
ofensivos) e deu nada menos que sete tocos. Shaq já
disse que quer jogar até os 35 anos. "Até lá terei
suficientemente dinheiro para dar US$ 1 milhão para
cada um de minha família", promete. 
Tayshaun Prince e Keith Bogans, dois dos principais
cestinhas da equipe universitária de Kentucky, tem
plano para entrarem no draft para a NBA. No entanto,
querem deixar aberta a possibilidade de continuarem
estudando e jogando pela atual campeão universitário
dos Estados Unidos. A cada ano, aumenta o número de
jogadores que não encerram o ciclo universitário para
entrarem o mais rápido possível na NBA. 
Tracy McGrady, astro do Orlando Magic, tem vontade de
jogar beisebol neste verão americano na Segunda
Divisão. "Meus braços não estão em forma, mas eu adoro
jogar beisebol e, se conseguir um bom convite, acho
que posso jogar no verão", disse McGrady,
aproveitamento que o Orlando Magic já deu férias a
seus jogadores, após ser eliminado pelo Milwaukee
Bucks. 
Você sabia que o ala Michael Jordan é o maior
recordista de pontos nos playoffs da NBA? Pois é. Em
abril de 1986, na partida contra o Boston Celtics, Air
Jordan, jogando pelo Chicago Bulls, marcou nada menos
que 63 pontos. Coincidência ou não, o segundo jogador
com maior número de pontos em playoffs foi Elgin
Baylor, dos Lakers e justamente contra os Celtics, em
abril de 1962. O terceiro jogador que mais marcou
pontos em playoffs da NBA foi Wilt Chamberlain,
jogando pelos Sixers, com 56 pontos, em março de 1962,
diante de Syracuse. 
. 
_______________________________________________________________________________________________
Yahoo! GeoCities
Tenha seu lugar na Web. Construa hoje mesmo sua home page no Yahoo! GeoCites. É 
fácil e grátis!
http://br.geocities.yahoo.com/
<Anterior em Tópico] Tópico Atual [Próximo em Tópico>
  • [Cevbasq-L] Quem pode parar Shaq e Cia. este ano?, alcir magalhaes <=

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.