[Cevbasq-L] COMO CONTRATAR UMA EMPRESA DE OUTPLACEMENT

To: cevbasq-l@xxxxxxxxxx, cevmkt-l@xxxxxxxxxx, basket@xxxxxxxxxx
Subject: [Cevbasq-L] COMO CONTRATAR UMA EMPRESA DE OUTPLACEMENT
From: alcir.magalhaes@xxxxxxxxxxxxx
Date: Fri, 4 May 2001 08:45:30 -0300
Para leitura,
Alcir
COMO CONTRATAR UMA EMPRESA DE OUTPLACEMENT
  
  
  
  
O mercado de outplacement - ¨  
serviço de apoio e   
redirecionamento de carreira  
para nível executivo - está em  
franca expansão no País. Com um  
crescimento de 20% ao ano,  
grupos internacionais fecham  
parceria com renomadas empresas  
brasileiras, objetivando  
entender os negócios locais e  
abrir escritórios nas  
principais cidades brasileiras.  
  
Certamente, as companhias levam  
uma vantagem, pois têm  
disponível no mercado um  
variado leque de opções. Mas  
como avaliar o fornecedor para  
evitar prejuízos futuros? A  
Mariaca & Associates destacou  
algumas observações: .  
  
¨ Escolha empresas   
tradicionais, com reputação  
estabelecida e comprovada,  
modernas e com boa tecnologia.  
  
¨ As empresas empregadoras  
nunca devem oferecer ao  
profissional afastado dinheiro  
em vez de serviço de  
outplacement, pois a  
experiência prova que a maioria  
dos executivos não se recoloca  
em bom tempo e retorna para  
solicitar mais ajuda. .  
  
¨ Informe-se sobre a  
infra-estrutura de pesquisa de  
mercado e banco de dados da  
consultoria.   
¨ Procure referências tanto nas  
empresas que utilizaram o  
serviço de outplacement, quanto  
junto a profissionais que foram  
apoiados. .   
  
¨ Dê prioridade de escolha para  
consultorias que trabalham para  
um determinado público: seja  
para pessoas jurídicas, ou para  
pessoas físicas. .   
  
¨ Insista em ver índices de  
qualidade das empresas de  
outplacement, como o tempo  
médio de recolocação, além da  
porcentagem de conclusão dos  
processos. .   
  
¨ Evite o eventual outplacement  
que mexe com os sentimentos ou  
as emoções durante poucas  
semanas (sob desculpa de dar  
apoio), pois isto não tem valor  
prático e pode causar uma leve  
depressão momentânea na ocasião  
em que o profissional precisa  
de sua maior força emocional.  
Isto é um procedimento amador  
(e perigoso). Vale ressaltar  
que a terapia psicológica  
demora meses ou anos, requer  
treino profissional (é  
regulamentada por lei) e nada  
tem a ver com a recolocação  
empregatícia, nem com a  
formação de um negócio próprio.  
  
  
<Anterior em Tópico] Tópico Atual [Próximo em Tópico>
  • [Cevbasq-L] COMO CONTRATAR UMA EMPRESA DE OUTPLACEMENT, alcir . magalhaes <=

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.