[Cevbasq-L] Fwd: [Cevmkt-L] CBB E CAIXA (NOTICIA ANTIGA)

To: cevbasq-l@xxxxxxxxxx
Subject: [Cevbasq-L] Fwd: [Cevmkt-L] CBB E CAIXA (NOTICIA ANTIGA)
From: "alcir magalhaes" <alcirmf@xxxxxxxxxxx>
Date: Thu, 03 May 2001 13:13:19 -0000


Como podem ver , o e-mail que escrevi para CBB ,não estava fora da
realidade , quando eu dizia que meu entendimento era que a falta de
resultados tinha prejudicado o basquete,vejam o artigo abaixo , confirmando o que escrevi e divuguei nessas listas.


ALCIR

"Georgios
Stylianos Para: "CEV - Marketing Esportivo"
Hatzidakis" <cevmkt-L@xxxxxxxxxx>
<hatzidakis@uol cc:
.com.br> Assunto: [Cevmkt-L] CBB E CAIXA
Enviado Por: (NOTICIA ANTIGA)
cevmkt-l-admin@
cev.ucb.br



03/05/2001 08:51 Responder a cevmkt-l






São Paulo, quinta-feira, 26 de abril de 2001









Envie esta notícia por e-mail para assinantes do UOL ou da Folha






Texto Anterior | Próximo Texto | Índice


BASQUETE

 Após fechar com atletismo, CEF vê quadras
em má fase e corta apoio

 CBB perde para as pistas seu principal
patrocinador


LUÍS CURRO EDITOR-ASSISTENTE DE ESPORTE

 O basquete brasileiro perdeu sua maior
fonte de dinheiro.
A CEF (Caixa Econômica Federal), principal
e mais antigo patrocinador da CBB
(Confederação Brasileira de Basquete), não
mais dará apoio ao bola-ao-cesto. No ano
passado, o último do contrato, o repasse
foi de R$ 2 milhões.
A decisão foi sacramentada no início deste
mês, quando a instituição mudou seu
enfoque de investimentos na área esportiva
e trocou o basquete pelo atletismo.
O presidente da CBB, Gerasime Bozikis, o
Grego, foi a Brasília anteontem para um
último esforço de convencimento junto à
direção da estatal -não obteve sucesso.
A CEF disse, por meio de sua assessoria,
que a opção pelo atletismo ocorreu "devido
a esse esporte ser mais popular que o
basquete, ter mais relação com o público
da Caixa [classes C e D", além de poder
trazer mais resultados olímpicos e de
cidadania, como tirar crianças da rua,
para o país".
Luiz Antônio Arrochela Lobo, executivo da
CEF, disse que também influenciou na
decisão a má fase que o basquete atravessa
(leia quadro ao lado). "Exceção feita ao
feminino em alguns momentos, não tem tido
bons resultados."
Na última Olimpíada, em Sydney-2000, o
basquete arrebatou um bronze, no feminino
-superando as expectativas do momento, mas
caindo um degrau em relação a Atlanta-96,
quando foi prata, também no feminino.
O atletismo, por sua vez, obteve uma prata
nos Jogos australianos, com o revezamento
4 x 100 m rasos -menos do que o esperado,
mas uma performance superior à dos Jogos
nos EUA, quando foi bronze na mesma
modalidade.
A CEF foi patrocinadora oficial do
basquete nacional a partir de 1993,
encerrando o repasse de verbas em 2000. O
contrato com a CBAt (Confederação
Brasileira de Atletismo), anunciado em 3
de abril, tem duração de um ano -o valor é
de R$ 1,5 milhão.
"É um custo adequado para o investimento
em marketing esportivo dentro da nossa
realidade", declarou Arrochela Lobo.
Do total investido, R$ 526 mil serão
destinados diretamente a atletas e
treinadores -no basquete, a CBB era a
intermediária e decidia o destino do
dinheiro.
A expectativa da CEF é de beneficiar, por
intermédio de uma ajuda de custo mensal,
cerca de 70 esportistas, entre atletas de
ponta e promessas. O banco também
patrocinará vários eventos do calendário
nacional e internacional.













_________________________________________________________________________ Get Your Private, Free E-mail from MSN Hotmail at http://www.hotmail.com.



<Anterior em Tópico] Tópico Atual [Próximo em Tópico>
  • [Cevbasq-L] Fwd: [Cevmkt-L] CBB E CAIXA (NOTICIA ANTIGA), alcir magalhaes <=

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.