[Cevbasq-L] INTENSIVÃO DE CESTAS

To: cevbasq-l@xxxxxxxxxx
Subject: [Cevbasq-L] INTENSIVÃO DE CESTAS
From: joilson nobre <joilson39@xxxxxxxxx>
Date: Fri, 19 Jan 2001 06:26:20 -0800 (PST)
Leiam este artigo veiculado no Jornal de Brasilia de
hoje .
******************************************************
Intensivão de cestas 
Dois técnicos brasilienses criam centro para
melhorar nível do basquete. 
Aline Fonseca 
Celeiro de jogadores como Oscar Schmidt e Pipoka,
Brasília ficou conhecida como cidade formadora de bons
atletas do basquete. Apostando nesta característica da
capital federal, os técnicos Ricardo de Oliveira e
Laurindo Miura organizam, desde o dia 15, o Centro de
Desenvolvimento da Capacidade Técnica Individual, no
ginásio da Faculdade Planalto.
O centro é uma espécie de ?intensivão? do basquete com
o objetivo de aperfeiçoar os atletas no esporte. Foram
convidados 18 jogadores da cidade para o treinamento,
que terá duração de duas semanas. O limite de idade
não existe. ?Temos aqui atletas amadores, iniciantes e
os que têm muitos anos de prática do basquete?,
explica Ricardo, técnico da Apcef. ?Estão todos no
mesmo barco, querendo aprender alguma coisa?. 
Uma das idéias do projeto é ?plantar sementes?. ?Temos
ótimos jogadores que acabam saindo daqui e indo para
outros estados com melhor estrutura, mas queremos que
nossos atletas continuem aqui, mostrando o nível de
basquete que a cidade tem?, afirma Ricardo. 
O centro mal começou e tem grandes planos para o
futuro. Na primeira etapa participam apenas jogadores
da cidade, mas para julho, mês em que será realizada a
segunda etapa, atletas de outros estados e até de
outros países poderão participar. ?A Secretaria de
Esportes acenou com a possibilidade de ajuda
financeira e a Federação Brasiliense está dando
certificados?, explica o treinador. 
Um antigo sonho realizado 
A idéia de um centro de aperfeiçoamento é um sonho
antigo de Ricardo de Oliveira. Aos 32 anos, o técnico
do time campeão brasiliense, a Apcef, quer começar a
fazer os atletas perceberem que podem melhorar. Aliado
a seu antigo ?mestre?, Laurindo Miura, ex-técnico de
Oscar e uma das figuras mais respeitadas do basquete
brasiliense, Ricardo realizou o projeto. 
Laurindo, 48 anos, está há 30 anos no basquete
brasiliense. Praticamente todos os jogadores da cidade
que se destacam em outros estados passaram pelas mãos
de Miura. Com uma obra ainda não publicada de mais de
20 mil exercícios de treinamento, o professor gosta de
estar à frente no quesito aperfeiçoamento. ?Ele tem
exercícios inéditos, além de uma filosofia e dedicação
ao esporte?, afirma Ricardo. 
Miura está sempre em busca de uma nova forma de
aperfeiçoar os jogadores, não importando o nível
técnico. ?Qualquer jogador, mesmo de alto nível, pode
e deve avançar, pode continuar crescendo?, diz o
professor. ?Assim como um médico está sempre em busca
de aperfeiçoamento, um atleta também?. 
__________________________________________________
Do You Yahoo!?
Get email at your own domain with Yahoo! Mail. 
http://personal.mail.yahoo.com/
<Anterior em Tópico] Tópico Atual [Próximo em Tópico>
  • [Cevbasq-L] INTENSIVÃO DE CESTAS, joilson nobre <=

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.