[cevavali] Aberta a temporada de caca ao talento

Laercio E. Pereira laerciocev em yahoo.com
Segunda Agosto 8 08:22:51 BRT 2005


Pessoal,
    Inaugurado o Banco de Talentos (segue noticia do Ministerio).
    Os dacademia precisam prestar atencao para a historia das
iniciativas de medir ja' tentadas no Brasil. Toneladas de papel 
em fichas com os Kraus-Weber, que era obrigadorio nas escolas; 
o Projeto Brasil do Prof Mauricio Rocha (O Coordenador
do PROESP, Adroaldo Gaya, faz uma homenagem explicita ao
Prof e ao Projeto na apresentação). Perdoai, Senhor, eles
colocaram em PDF)
http://portal.esporte.gov.br/arquivos/snear/talento_esportivo/proesp_br.pdf,

umas iniciativas da Coca-Cola nos anos 70-80 (nao lembro o
nome)...
    De qualquer forma, a iniciativa traz um rico material para
debate com informação sobre as bases teóricas, objetivos,
videos com os testes... deveria ser assunto de discussão
nos 450 cursos de Educação Física:
http://portal.esporte.gov.br/snear/talento_esportivo/default.jsp
    Laercio

Notícias      

05/08/2005 às 14:41h - Banco de Talentos reúne cerca de 5 mil
jovens com potencial esportivo   

 
O ministro do Esporte, Agnelo Queiroz, lançou nesta sexta-feira
(5/8), às 11 horas, no Pestana Rio Atlântica Hotel, no Rio de
Janeiro (RJ), o Programa Banco de Talentos, mais uma ação para
incentivar o desenvolvimento do desporto nacional e revelar novos
atletas. O evento contou com a presença do presidente do Comitê
Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzmam, presidente da
Confederação Brasileira de Clubes (CBC), Arialdo Boscolo,
presidentes de confederações esportivas, além de atletas
olímpicos. 

Desde setembro de 2004, a Política Nacional de Descoberta do
Talento Esportivo já avaliou cerca de 80 mil crianças e
adolescentes entre 10 e 15 anos. Apenas nesta primeira fase, cerca
de 5 mil já foram detectados com potencial para se tornarem
campeões. Durante a solenidade de lançamento do Banco, o ministro
explicou à comunidade esportiva como acessar o Banco de Talentos e
se tornar um parceiro no desenvolvimento do esporte brasileiro.
"Vamos aplicar essa ação sistematicamente em todo o Brasil. A meta
do Ministério do Esporte é tornar essa política uma rotina nas
escolas e clubes sociais. É o esporte ajudando no desenvolvimento
humano do País", disse ele, lembrando que até o final deste ano
serão avaliados mais 500 mil jovens. 

Com o Banco de Talentos, o Ministério do Esporte quer aumentar a
possibilidade de que clubes, federações e confederações invistam
no desenvolvimento do esporte brasileiro desde a base esportiva.
Somente no estado do Rio de Janeiro já foram avaliados 5.195
crianças e adolescentes, sendo que 227 estão no Banco de Talentos.
Para a jovem carioca Amanda Barbato de Sá, 12 anos, essa ação irá
incentivar aqueles que sequer começaram no esporte. Ela foi uma
das atletas detectadas como talento. Com peso de 66 kg e altura de
1,68, Amanda correu 20 metros em apenas 4 segundos, um índice
muito superior à média analisada. "Estou muito feliz por
representar um desses talentos brasileiros. Incentivo todos a
praticar esporte e seguir nessa carreira maravilhosa", disse. 

Os testes do Talento Esportivo consistem em medições de peso,
altura, envergadura (a distância, de braços abertos, entre os
dedos médios esquerdo e direito) e avaliações de flexibilidade,
abdominais, arremesso de medicineball (uma bola parecida com a de
handebol, pesando entre dois e três quilos, lançada
horizontalmente), salto horizontal, corrida de 20 metros, e uma
corrida de 9 minutos pela pista de atletismo. 

A partir do lançamento do Banco de Talentos, o Ministério do
Esporte trabalha para levar os testes de detecção para clubes
sociais e escolas públicas e particulares. Para isso, as
Secretarias Municipais e Estaduais de Esporte foram convocadas a
entrarem em contato com as Secretarias Municipais e Estaduais de
Educação e convidá-las a inscreverem seus próprios professores a
participarem da capacitação e se tornarem os detectores de talento
esportivo. 

De acordo com o presidente da CBC, Arialdo Boscolo, os clubes
podem contribuir muito para a detecção dos talentos no Brasil. "A
CBC mergulhou de ponta nesta idéia e vai ajudar a levar a detecção
em todo o país, nos mais de 13 mil clubes filiados à nossa
Confederação", garantiu. Os clubes e entidades esportivas que
quiserem acessar o Banco, basta entrar no sítio do Ministério do
Esporte (www.esporte.gov.br) e solicitar a senha de acesso no link
"Banco de Talentos Esportivos". 


Caroline Coelho e Luciana Yonekawa  
 


http://www.cev.org.br/grcev/laercio


	
	
		
_______________________________________________________ 
Yahoo! Acesso Grátis - Internet rápida e grátis. 
Instale o discador agora! http://br.acesso.yahoo.com/



Mais detalhes sobre a lista de discussão cevavali

© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.