[CevAtlas] Fw: "Corfebol: uma nova modalidade esportiva em diversos setores".

CORFEBOL MARCELO SOARES corfebolbrasil em terra.com.br
Quarta Setembro 5 12:50:37 BRT 2007



Presidente Confederação Brasileira de Corfebol fará palestra numa universidade carioca 
 
O representante oficial do esporte no Brasil, o professor de educação física Marcelo Soares, juntamente com o professor Claudio Ferrera ministrarão uma palestra com o tema "Corfebol: uma nova modalidade esportiva em diversos setores", no dia 11 de setembro, na Unisuam Bonsucesso, na Avenida Paris, 72,  no turno da manhã (10 ao meio-dia), da tarde (14 às 16h) e à noite (18 às 20h). O objetivo deste debate é dar a oportunidade aos alunos, professores acadêmicos e os demais interessados em conhecer o Corfebol que está ganhando seu espaço no Brasil, possibilitando a utilização do desporto como ferramenta de trabalho nas aulas de educação física. 
Durante o encontro, o esporte será mencionado como uma prática de alto rendimento. No entanto, o representante no Brasil dará mais detalhes sobre o campeonato mundial que será realizado em novembro, Beach Corfebol e Corfebol para iniciantes. Os professores David Lopes (Faculdade Mercúrio), Renato Britto e Ricardo Melo também esclarecerão ao público sobre a importância do Corfebol como prática desportiva. 

Será realizado também na mesma instituição Curso de Corfebol diferentes setores nos dias 15 e 22 de setembro com carga horária de 20 horas, inclusive com a realização torneio de Corfebol (beach corfebol) na praia da Barra da Tijuca. Maiores informações no site da Unisuam http://www.unisuam.edu.br/
 

Origem do Corfebol:
 
O Corfebol é um esporte que teve origem na Holanda em 1902, criado por Nico Broekhuyesen, inspirado num jogo sueco chamado Ringboll. Como naquela época não era  comum no esporte haver uma junção entre os jovens, os adultos e as crianças de ambos os sexos, a Associação de Educação Física de Amsterdan procurava obter este diferencial; tanto que não era aceita a participação das mulheres em práticas desportivas, ainda mais em conjunto com os homens. 
O esporte teve uma boa aceitação e começou a expandir-se e a popularizar-se logo após a sua apresentação, e em 1903 foi fundada a Associação Holandesa de Corfebol. Nos anos seguintes o Corfebol desenvolveu-se essencialmente na Holanda e junto dos mais jovens, vindo progressivamente a aumentar a sua popularidade e o número de praticantes, sendo atualmente cerca de 100 mil adeptos somente na Holanda.


Principais regras do Corfebol:

Como qualquer outra modalidade, o Corfebol apresenta um conjunto de regras que lhe dá características próprias.
  a.. A característica que o distingue de todos os outros desportos coletivos é o fato de ser misto: as equipes de Corfebol são constituídas obrigatoriamente por atletas de ambos os sexos. 
  b.. Possuir oito jogadores em cada equipe, possuir característica mista, ser composta com 50% dos participantes masculino e 50% feminino, podendo ser praticado por jovens e adultos na mesma equipe
  a.. O objetivo é introduzir a bola no cesto da equipe adversária. O cesto é de verga e está colocado num poste a 3.0 m do solo. 
  a.. A bola é disputada por duas equipes de oito elementos, quatro rapazes e quatro moças, e só pode ser jogada com a mão. Não pode ser driblada e os jogadores não podem dar passos com a bola na mão. 
  a.. O campo de jogo é retangular, de dimensões 40X20 metros, e encontra-se dividido ao meio por uma linha central. 
  a.. Cada uma das zonas de divisão contém um cesto. A 2.50 metros do cesto, no sentido da linha central, existe a marca de penalidade. 
  a.. Em cada uma das zonas são colocados dois jogadores e duas jogadoras de cada equipe, designados por "quadrado": numa zona haverá um quadrado atacante e na outra um quadrado defensivo. 
  a.. Os jogos têm a duração de 1 hora, 30 + 30 minutos, com 10 minutos de intervalo. 
  a.. No início do jogo, no início do segundo tempo e depois de cada cesto marcado, a bola será jogada a partir da linha central (no meio da quadra). 
  a.. Cada cesto equivale a um ponto. Sempre que há cesto a bola é reposta pela equipe que o sofreu. 
  a.. Quando ao somatório dos pontos das duas equipes é par (p.e. 1-1; 3-1; 2-2), as equipes mudam de zona. Isto é, sempre que se marcam dois pontos, quem estava a defender passa a atacar e quem estava a atacar passa a defender. 
  a.. A defesa deve ser individual e por sexo, o que quer dizer que cada jogador defensivo deve defender (marcar) um jogador atacante da equipe adversária do mesmo sexo. 
  a.. Não é permitido lançar a bola ao cesto quando se está coberto (defendido ou marcado). Estar defendido é ter um adversário defensivo do mesmo sexo, à distância de um braço, entre si e o cesto e manifestando intenção de impedir o lançamento (de braço levantado). 
 
Contato para entrevistas:
      Marcelo Soares: (21) 8819-0278
 
 
Karem Soares 
Assessora de Imprensa
(21) 8255-0279/8876-3096
 
 
 
 

Flickr agora em português. Você clica, todo mundo vê. Saiba mais. 



--------------------------------------------------------------------------------


No virus found in this incoming message.
Checked by AVG Free Edition. 
Version: 7.5.485 / Virus Database: 269.13.5/988 - Release Date: 4/9/2007 09:14


Mais detalhes sobre a lista de discussão cevAtlas

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.