[Cevatlas] HISTORIA DA CAPOEIRA - METODO DE ENSINO

Leopoldo Gil Dulcio Vaz leopoldovaz em elo.com.br
Segunda Junho 27 10:21:45 BRT 2005


Miltinho

A capoeira Angola tem um método de esnino?

Extraits de l'article consacré à Mestre Pastinha

"Tudo o que eu penso da Capoeira, um dia escrevi naquele quadro que está na porta da Academia. Em cima, só estas três palavras: Angola, capoeira, mãe. E embaixo, o pensamento: 'Mandinga de escravo em ânsia de liberdade, seu princípio não tem método e seu fim é inconcebível ao mais sábio capoeirista'

"Mas tem muita história sobre o começo da Capoeira que ninguém sabe se é verdadeira ou não. A do jogo da zebra é uma. Diz que em Angola, há muito tempo, séculos mesmo, fazia-se uma festa todo ano em homenagem às meninas que ficavam moças. Primeiros elas eram operadas pelos sacerdotes, ficando igual, assim, com as mulheres casadas. Depois, enquanto o povo cantava, os homens lutavam do jeito que fazem as zebras, dando marradas e coices. Os vencedores tinham como prêmio escolher as moças mais bonitas (...). 

Bem, mas de uma coisa ninguém duvida: foram os negros trazidos de Angola que ensinaram Capoeira pra nós. Pode ser até que fosse bem diferente dessa luta que esses dois homens estão mostrando agora. Me contaram que tem coisa escrita provando isso. Acredito. Tudo muda. Mas a que a gente chama da Capoeira de Angola, a que aprendi, não deixei mudar aqui na Academia. Essa tem pelo menos 78 anos. E vai passar dos 100, porque meus discípulos zelam por mim. Os olhos deles agora são os meus. Eles sabem que devem continuar. Sabem que a luta serve para defender o homem (...).

"Quando eu tinha uns dez anos - eu era franzininho - um outro menino mais taludo do que eu tornou-se meu rival. Era só eu sair para a rua - ir na venda fazer compra, por exemplo - e a gente se pegava em briga. Só sei que acabava apanhando dele, sempre. Então eu ia chorar escondido de vergonha e de tristeza (...)"

"Um dia, da janela de sua casa, um velho africano assistiu a uma briga da gente. 'Vem cá, meu filho', ele me disse, vendo que eu chorava de raiva depois de apanhar. Você não pode com ele, sabe, porque ele é maior e tem mais idade. O tempo que você perde empinando raia vem aqui no meu cazuá que vou lhe ensinar coisa de muita valia. Foi isso que o velho me disse e eu fui (...)"

"Ele costumava dizer: não provoque, menino, vai botando devagarzinho ele sabedor do que você sabe (...). Na última vez que o menino me atacou fiz ele sabedor com um só golpe do que eu era capaz. E acabou-se meu rival, o menino ficou até meu amigo de admiração e respeito (...). 'Aos doze anos, em 1902, eu fui para a Escola de Aprendiz de Marinheiro. Lá ensinei Capoeira para os colegas. Todos me chamavam de 110. Saí da Marinha com 20 anos (...). Vida dura, difícil. Por causa de coisas de gente moça e pobre, tive algumas vezes a Polícia em cima de mim. Barulho de rua, presepada. Quando tentavam me pegar eu lembrava de mestre Benedito e me defendia. Eles sabiam que eu jogava Capoeira, então queriam me desmoralizar na frente do povo. Por isso, bati alguma vez em polícia desabusado, mas por defesa de minha moral e de meu corpo(...). Naquele tempo, de 1910 a 1920, o jogo era livre.

Leopoldo

Algumas questoes:

1. Capoeira se ensina? pelo que tenho visto, das entrevistas dos Mestres no Maranhao, eh um "estilo de Vida", uma Filosofia de Vida... um Mestre e seus discipulos, e quando este chega a um certo estagio - nao so de dominio corporal, dos gestos e dos movimentos, mas de uma filosofia, de um estilo de vida - lembra a do judo - este se torna Mestre e vive sobre aquelas acertivas - diretrizes? - dadas pelo Mestre que o formou ...

2. A capoeira tem um metodo de ensino? se sim, entao e educacao; se nao, e o que? filosofia? segue quem pode e tem juizo? como explicar o que consideram as diferencas entre as duas capoeiras - sao varias - angola e regional ou tradicional?

3. uma capoeira e dois estilos ou as capoeiras sao varias? tenho ouvido varias denominacoes, quando se refere a estilo - sou angola; sou regional; uso a mista - e ai percebe-se uma certa confusao: como mista entende-se 

- o praticante da angola e da regional, "conforme a musica"; 

- angola ou regional; 

- angola e regional; 

- angola com movimentos da regional; 

- regional com movimentos da angola;

- contemporanea;

- angolagem;

- capoeiragem;

- maranhense com tres tipos - angola com São Bento Grande e São Bento Pequeno;

- luta alta e luta baixa;

- angolano;

- Onca pintada;

a qual capoeira se refere o praticante? de onde vem essa confusão?

o que caracteriza cada um dos estilos, considerando Angola, Regional, Contemporanea, as mais citadas?

enfim, o que é capoeira?

Leopoldo

from Maranhão
-------------- Próxima Parte ----------
Um anexo em HTML foi limpo...
URL: http://listas.cev.org.br/pipermail/cevatlas/attachments/20050627/8bdb6cda/attachment.htm


Mais detalhes sobre a lista de discussão cevAtlas

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.