En: [CEVIDOSO-L:1278] Rastreamento para Alzheimer

To: <cevama-l@xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx>
Subject: En: [CEVIDOSO-L:1278] Rastreamento para Alzheimer
From: "Flavia Faissal de Souza" <flaviafs@xxxxxxxxxx>
Date: Wed, 14 Jun 2000 19:00:28 -0300
Rastreada da cevidoso..., segue a informacao!
Flavia Faissal de Souza <flaviafs@xxxxxxxxxxxxxxxxx>
Campinas- Sao Paulo- BR
Administradora da lista de Atividade Motora Adaptada <cevama-L>
<http://www.cev.org.br/listas>
-----Mensagem Original-----
De: Edmundo Drummond Alves Junior <drummond@xxxxxxxxxxxxx>
> Noticia saida no Jornal do Brasil
> Edmundo de Drummond Alves Junior
> Administrador da lista cevidoso-L
> Vigia eletrônico para Alzheimer
> MADRID - Em novembro do ano passado, um portador da doença de Alzheimer
> deixou sua casa em Almeria, na Espanha, durante uma onda de frio. Depois
de
> dias vagando pela cidade, ele foi encontrado morto, encolhido sob uma
ponte.
> O incidente foi o bastante para desencadear um ousado projeto de
> rastreamento por satélite dos doentes de Alzheimer. Desenvolvido por uma
> associação espanhola de pesquisa da doença, o projeto pretende dar à
polícia
> coordenadas em tempo real dos pacientes fujões.
>
> Perder o rumo de casa é um risco de vida para os doentes de Alzheimer.
Isso
> porque a doença degenerativa afeta a memória, o senso de discernimento e
> outras faculdades mentais. Um estudo americano mostra que 24 horas depois
> que um portador de Alzheimer se perde, suas chances de morrer são de 46%.
O
> objetivo do rastreador é justamente evitar que essas deficiências acabem
em
> morte.
>
> Usando a tecnologia de GPS (em português, sistema de posicionamento
global),
> será possível soar um alarme a cada vez que o paciente ultrapassar certas
> fronteiras pré-estabelecidas. O sinal emitido pelo dispositivo seria
enviado
> a um satélite, que daria a uma equipe de monitoramento atualizações
> freqüentes. Caso o paciente se distanciasse muito de casa, como aconteceu
> com o espanhol, a equipe avisaria a polícia. "Foi preciso que algo
dramático
> acontecesse para que as pessoas se conscientizassem do problema", disse
> Paloma Ramos, presidente da Associação Espanhola de Parentes de Vítimas de
> Alzheimer.
>
> O dispositivo está sendo desenvolvido pela empresa espanhola Technosearch.
O
> maior desafio dos fabricantes é produzir uma bateria que seja, ao mesmo
> tempo, pequena o suficiente para ser levada, e poderosa a ponto de emitir
um
> sinal que atinja o satélite. "É provável que a primeira geração do
> rastreador seja do tamanho de um maço de cigarros. A terceira ou quarta
> geração já será similar a uma pulseira", disse o presidente da empresa,
José
> Luís Pellicer. O custo final do aparelho deverá ser de 500 dólares.
>
<Anterior em Tópico] Tópico Atual [Próximo em Tópico>
  • En: [CEVIDOSO-L:1278] Rastreamento para Alzheimer, Flavia Faissal de Souza <=

© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.